Desenvolvimento motor da criança nos 12 primeiros meses

RECÉM-NASCIDO: 0 a 10 dias

I . Informação Geral
“Flexão Fisiológica”
Reação cervical de retificação.
Reação labiríntica de retificação - RLR.
Reflexo tônico cervical assimétrico - RTCA - (pode estar presente)
Reflexo de moro, busca, sucção e deglutição.
Reflexo de preensão.
Ficar de pé primário e marcha automática.

II . Prono
Cabeça para o lado.
M.M.S.S - Aduzido, flexionado.
M.M.I.I - Flexionado, pélvis alta (causa mudança de peso anterior).
- Recuo flexor de ambos (M.M.S.S e M.M.I.I).
Movimento: - Gira a cabeça
- M.M.I.I. chute.
- Movimento sem intenção.

III . Supino
Flexionado, simétrico.
Cabeça para o lado (aproximadamente 45º)
M.M.S.S - Flexionado, aduzido.
Mãos - mãos fechadas ( mas não o tempo todo).
M.M.I.I - Flexionado, abduzido, rotação externa
Movimento: Rotação de cabeça.
Movimentos de extremidades sem intenção.

IV . Sentar
Puxado para sentar - não há controle flexor.
Sentado - Cabeça pende para frente.
- Cifose total da coluna.
- Pélvis perpendicular.

V . De pé
Ficar de pé primário (aceita o peso do corpo quando com suporte), mantido por aproximadamente 3 semanas.
Cotovelos flexionados, quadris atrás dos ombros, pés juntos.
Andar automático.


PRIMEIRO MÊS

I . Informação Geral
Idêntica à do neonatal.

II . Prono
Flexão diminuída.
M.M.S.S – Rotação externa e abdução.
- Cotovelos atrás dos ombros.
M.M.I.I - Flexão do quadril diminuída
- Pélvis mais baixa.
Movimento: Cabeça eleva e gira.

III . Supino
Flexão diminuída.
Cabeça mais para o lado (rotação cervical aumentada).
M.M.S.S - Rotação externa aumentada, abdução.
M.M.I.I - Extensão aumentada.
Movimento: Gira a cabeça, movimentos das extremidades sem intenção.

IV . Sentar
Puxado para sentar - Não há controle flexor.
Sentado - Tentativas passageiras de elevar a cabeça.
- Cifose total da coluna.
- Pélvis perpendicular.

V . De pé
Sustenta um pouco do peso
Aumento da extensão do cotovelo.
Andar automático - pode ou não estar presente.


SEGUNDO MÊS

I . Informação Geral
Reação cervical de retificação.
Reação labiríntica de retificação (R.L.R), começando retificação de cabeça.
Reação ótica de retificação (R.O.R.).
R.T.C.A. (causa informação tátil assimétrica =Transferência de peso).
Reflexo de preensão.

II . Prono
Flexão diminuída.
Cabeça: elevação para 45º.
M.M.S.S - Rotação externa e abdução aumentada.
- Peso nas mãos e antebraço.
- Cotovelos atrás dos ombros.
M.M.I.I - Diminuição da flexão de quadril
- Pélvis mais baixa (transferência de peso anterior diminuída).
Movimento: Eleva e gira a cabeça.

III . Supino
Flexão diminuída.
Cabeça: - Rotação para o lado aumentada.
- Raramente na linha média.
- R.T.C.A. aumentado.

M.M.S.S - Abdução aumentada.
- Extensão de cotovelo aumentada.
- Posição assimétrica (RTCA).
- M.M.S.S se afastando do corpo.

M.M.I.I - Flexão do quadril diminuída.
- Rotação externa aumentada, abdução.
- Pés na superfície ( apoiados).
Movimento: Sem intenção, (com movimentos rápidos)


IV . Sentar
Puxado para sentar - Tenta ajudar (RLR e ROR aumentadas).
- Menor atraso da cabeça.
Sentado - Cabeça elevada , mas apresenta movimentos para frente e para trás.
- Cifose total da coluna.

V . De pé
- Astasia, abasia (incoordenação motora para ficar de pé ou andar - pés pobremente orientados, podem não sustentar o peso).
- Cabeça elevada usando os extensores capitais.
- Extensão de cotovelo aumentada.
- Quadris atrás dos ombros.


TERCEIRO MÊS

I . Informação Geral
Começando simetria.
Orientação da cabeça na linha média aumentada.
Retificação labiríntica mais forte (R.L.R.), portanto retificação da cabeça mais forte.
Retificação ótica mais forte (R.O.R.).
Reação cervical de retificação diminuída.
RTCA diminuindo (porque o controle flexor está aumentando).

II Prono
Extensão aumentada.
Cabeça: Até 90 graus.
Gira livremente (...mudança de peso).
M.M.S.S - Abdução horizontal + adução horizontal = suporte de peso do antebraço - propriocepção nos ombros, elevação do peito, cotovelos alinhados com os ombros. Apresenta também rotação externa de úmero.
M.M.I.I - Extensão lombar, pélvis para baixo, flexão do quadril diminuída (porém nos quadris = flexão, abdução, rotação externa).

III . Supino
Simetria aumentada.
Cabeça: próxima à linha média (controle bilateral de músculos cervicais, especialmente flexores do pescoço.
M.M.S.S - vêm junto ao peito, puxa sua roupa, rotação interna antigravitária, flexão para frente dos braços.
M.M.I.I - “pernas de sapo”, rotação externa aumentada, abdução, pés juntos.

IV . Sentar
Puxado para sentar - Controle flexor aumentado.
- Atraso da cabeça diminuído.
- Desejo aumentado de retificar a cabeça (RLR / ROR).
- Reação assimétrica comum.
- Olhos tentam se fixar no examinador.
- M.M.S.S - ajudam.
- Não participação abdominal ou de M.M.I.I.

Sentado- Controle de cabeça.
- Extensão dos cotovelos aumentada.
- Adução escapular (reforça a extensão das costas).
- Extensão umeral.
- Tônus baixo na parte inferior das coluna e quadris; portanto, se curva para a frente.
- M.M.I.I - Pouco suporte.

V . De pé
Sustenta um pouco do peso .
Controle de cabeça.
M.M.I.I - Abdução, rotação externa, extensão.
- Quadris flexionados e atrás dos ombros.
- Dedos dos pés em garra.


QUARTO MÊS
(Mês crítico)

I . Informação Geral
Simetria aumentada.
Flexão aumentada.
Extensão aumentada.
RLR e ROR aumentadas.
Iniciando a reação Landau.
RTCA diminuída.
Melhor controle da cabeça (melhor retificação da cabeça).
Começando retificação lateral da cabeça.
Olhos dominando.

II . Prono
Extensão aumentada
Cabeça elevada na linha média.
Peito elevado.

Rotação da cabeça – transferência de peso.
M.M.S.S - adução horizontal ajuda a elevar o peito.
Suporte de peso no antebraço (propriocepção nos ombros).
M.M.I.I - extensão lombar aumentada.
Anteroversão de pélvis, quadris para baixo, abdução dos quadris diminuída, com rotação externa, flexão (M.M.I.I. em linha com a parte inferior do tronco), chutar sem intenção, com mudança de peso na pélvis.
Começo de Landau: extensão da coluna com elevação da cabeça e adução escapular bilateral (reforça extensão).
Brinca com Landau e parte para um bom suporte de peso do antebraço.
Rola para o lado acidentalmente, porque é incapaz de controlar a mudança de peso.
O posicionamento de M.M.I.I é importante. Se os M.M.I.I estão “como sapo” a mudança de peso do tronco inferior não pode ocorrer e o rolar é bloqueado biomecanicamente.

III . Supino
Controle dos flexores aumentado - equilibra a forte extensão.
“Torna-se um todo”(mãos e olhos aos joelhos).
Boa orientação da cabeça na linha média.
M.M.S.S - mãos juntas no espaço (flexão do ombro).
-mãos e olhos até os joelhos (extensão do cotovelo) e consciência do corpo.
M.M.I.I - extensão do quadril aumentada - aumento da ântero e retroversão da pélvis.
Quadril ativo, flexão do joelho - diminuição da mobilidade pélvica - controle de abdominais se iniciando.
Diminuição da abdução e rotação externa = adução aumentada.
Empurra sem intenção com M.M.I.I. - mobilidade pélvica - transferência de peso (estímulo tátil assimétrico).
Rola para o lado - (a) da posição recolhida (mãos nos joelhos), e com reação cervical de retificação (b) ao hiperextender o pescoço.

IV . Ficando de Lado (importante)
Estímulo tátil e proprioceptivo assimétrico.
Estimula a retificação lateral da cabeça.
Retificação lateral possível quando extensores + flexores se equilibram um ao outro.

V . Sentado
Puxado para sentar - controle flexor aumentado, simetria aumentada, cabeça na linha média, os braços puxam, há alguma atividade abdominal, alguma flexão de M.M.I.I.
Sentado - Cabeça elevada na linha média, coluna retificada até articulação tóraco-lombar, flexão lombar, pélvis perpendicular, flexão do quadril (tônus baixo), pequena adução escapular (portanto os braços não ficam puxados para trás), mão à boca.

VI . De pé
Pode ser segurado pelos braços em vez do tronco - aumenta adução escapular.
Cabeça elevada - linha média (queixo ainda não colocado).
Ombros podem se elevar.
Pélvis atrás dos ombros.
M.M.I.I - Podem flexionar e estender - aumento da flexão dos dedos (garra).


QUINTO MÊS

I . Informação Geral
Reação Landau aumentada (nadar).
R.L.R., R.O.R. aumentadas.
Retificação da cabeça aumentada (prono, supino, lateral)
Retificação do corpo com a cabeça.
Reações de equilíbrio iniciando em prono.

II . Prono
Extensão aumentada na parte inferior da coluna e quadris.
Suporte de peso no braço estendido.
Peito elevado.
Mudança de peso no antebraço.
- Controle de ombro.
- Mudança de peso na parte superior do tronco e rotação.
- Retificação lateral do corpo.
- Supinação e mudança de peso ulnar enquanto o peso muda sobre os braços.
- habilidade de alcançar.
- propriocepção nos ombros, antebraços, mãos.
M.M.I.I em linha com o tronco.
Landau (nadar): os músculos da espinha se estendem enquanto os músculos escapulares se movem.
Balançar: estimulação vestibular.
Rola para supino.

III . Supino
Controle flexor aumentado.
Mãos para mamãe. (interação visual).
Pés na boca (pés, mãos, olhos - comunicação de corpo).
Alonga músculos extensores.
- Rola de supino para o lado com dissociação de M.M.I.I (retificação do corpo agindo sobre a cabeça).
M.M.I.I (de baixo) em contato com a superfície de apoio - (lado suportando o peso) = alongamento.
M.M.I.I ( de cima) - flexão lateral (antigravidade).
A cabeça retifica lateralmente.
(Mudança de peso - estimulação tátil assimétrica no corpo - reação de retificação do corpo agindo sobre a cabeça - retificação da cabeça - estimulação labiríntica -aumenta a propriocepção no pescoço - retificação lateral do corpo).

IV. Sentado
P.T.S. - Não há atraso na cabeça, começa o (tucking) do queixo, os braços puxam, abdominais ativos, M.M.I.I. com flexão nos quadris e joelhos.
Sentar - Controle da cabeça, (tucking de queixo), extensão da coluna , flexão para frente no quadril - não na coluna.
M.M.S.S - Suporte para frente, ou em “W”.
M.M.I.I - Base de suporte aumentada , estabilidade posicional, quadril em flexão, abdução, rotação externa e flexão do joelho.

V . De Pé
Pode se puxar para ficar de pé.
Suporte de quase todo o peso.
M.M.I.I. = abdução, rotação externa.
Balança = estimulação proprioceptiva, cinestésica, vestibular.
Lordose lombar - quadril quase em linha com os ombros.


SEXTO MÊS

I . Informação Geral
R.L.R, R.O.R., R.R.C. (Reação de retificação de cabeça). = Todos fortes.
Landau maduro (extensão do quadril).
Reação de retificação do corpo sobre o corpo.
Reações de equilíbrio em prono (começando em supino).

II . Prono
Suporte de peso nos braços estendidos.
Extensão do quadril.
Extensão forte - empurra para trás (mobilidade escapular).
Alternância de peso no antebraço (retificação lateral de cabeça e do tronco).
Reações de equilíbrio em prono.

III . Supino
Controle flexor aumentado.
Mãos aos pés (controle de amplitudes intermediárias no espaço).
Eleva a cabeça independentemente.
Alcança a mãe (braços estendidos).
Alcança o brinquedo ( uma ou duas mãos) - transfere.
Rola de supino para prono - M.M.I.I. com dissociação (usa flexão lateral para transição de flexão para extensão).

IV . Puxado para sentar
Pode levantar a cabeça independentemente.
Puxa com M.M.S.S.
M.M.I.I.: Flexão nos quadris, extensão dos joelhos.

V . Sentado
Controle do tronco.
Coluna ereta.
Escápula alinhada (extensão protetora para frente).
Controle do quadril (extensores do quadril previnem colapso para frente).

VI . De pé
Suporte de peso total.
Pode ser segurado pelas duas mãos.
Balança.


SÉTIMO MÊS

I . Informação Geral
Reações de equilíbrio em supino ( iniciando no sentar).
Extensão protetora para o lado quase sempre presente.
“Barriga fora do chão”.

II . Prono
Quadrúpede (barriga fora do chão).
M.M.S.S. - Extensão dos cotovelos, punhos, dedos.
M.M.I.I. - Flexão do quadril, joelhos.
Lordose.
Balança (estimulação vestibular).
Gira em torno (Pivot) em prono.
- Alterna peso em M.M.S.S (para os lados).
- Alterna peso nas mãos ( o agarrar muda de ulnar para radial.
Engatinha de barriga - sempre muito breve.
M.M.S.S. – Transfere o peso (puxa).
M.M.I.I. – Transfere o peso (dissociação).

III. Supino
Não gosta de supino - rola para sair.

IV . Puxado para Sentar
Faz sozinho.
M.M.S.S. - puxam.
M.M.I.I. - flexão de quadril, extensão do joelho.

V . Sentado
Senta a partir de quadrúpede (Transfere o peso para um lado da pélvis - reação de balanço - se empurra para trás sobre uma perna - senta para trás).
Rotação de tronco sentado.
Mãos livres.
Lordose sentado
Passa de sentado a prono.
Equilíbrio precário.

VI . De lado
Brinca freqüentemente de lado.
Boa retificação lateral.
(Gradualmente aumentado o ângulo para sentar de lado).

VII . De Pé
Suporte total do peso (suporte externo mínimo).
Puxa a si próprio para ficar de pé.
Balança.


OITAVO MÊS

I . Informação Geral
Reações de equilíbrio sentado ( iniciando em quadrúpede).
Extensão protetora para os lados.

II . Prono
Engatinha sobre as mãos e joelhos usando flexão lateral; meios de locomoção primários.
Passa de quadrúpede para sentado - usa retificação lateral.

III . Sentar
Boa extensão de tronco.
Estabilidade posicional de extremidade inferiores diminuída.
Rotação –equilibrada por extensão protetora para os lados e /ou reações de equilíbrio.
Mãos - pega pequenos objetos com o polegar, oposição do dedo e solta.
Passa de sentado para quadrúpede.

IV . De lado
Brinca deitado de lado.

V . De pé
Puxa para ficar de pé - através do ajoelhar, ½ ajoelhar (semi-ajoelhado).
Rotação do tronco sobre extremidades inferiores.
Anda de lado.
Fica de pé com ajuda de uma única mão.

VI . Andar
Movimenta os pés para andar (segurado pelas duas mãos).


NONO MÊS

I . Sentar
Controle de tronco aumentado.
Posição versátil, mais funcional.
Utiliza várias posições de extremidade inferior.
Freqüentemente senta de lado - usando mobilidade do quadril (aumentada).
Pode sentar em “W”.
Desenvolve e usa habilidades manipulativas mais finas quando está sentado.

II. Quadrúpede
Engatinhar é um meio primário de locomoção.

III. De joelhos
Extensão do quadril incompleta.

IV . Puxa para ficar de pé
Usa M.M.S.S; M.M.I.I mais ativamente.
Passa ½ ajoelhar (semi-ajoelhado).

V . De pé
Anda em torno dos móveis.

VI . Andar
Anda quando segurado pelas duas mãos .
Diminuição da abdução e rotação externa do M.M.I.I.


DÉCIMO MÊS

I . Sentado
Uso aumentado das habilidades finas de M.M.S.S; portanto, usa posicionamento de M.M.I.I. mais primitivo.
Espelhamento de M.M.S.S durante habilidades motoras finas.

II . De pé
Levanta passando por ajoelhado e semi-ajoelhado.
Abaixa-se da posição de pé - mantém suporte em M.M.S.S.

III . Andar
Segurado pelas duas mãos.
Inicia o uso de alguma rotação pélvica e aumenta a largura dos passos em M.M.I.I.


DÉCIMO PRIMEIRO MÊS

I . Sentar
Varia posicionamento de M.M.I.I.
- Senta com os joelhos estendidos
- Senta de lado.
Controla a rotação do tronco

II . De joelhos e semi-ajoelhado
Usa as posições mais freqüentemente - demonstrando aumento do controle de quadril .

III . Para ficar de pé
Utiliza posição de: joelho...semi-ajoelhado - acocorado - simétrico.
Extensão M.M.I.I e elevação de tronco.

IV . De pé
M.M.S.S. usa muito pouco - fica de pé sozinho.
Controle aumentado do quadril.
Abdução de M.M.I.I. - ampla base de suporte.

V . Andar
Se move e alcança móveis fora do alcance.


DÉCIMO SEGUNDO MÊS

I . Reações de retificação bem integradas na maioria dos movimentos.
Reações de equilíbrio presentes em todas as posições exceto de pé.

II . Para ficar de pé
Levanta com as pernas, não precisa mais de M.M.S.S.

III . De pé
Capaz de transferir o peso e levantar uma perna.

IV . Andar
Pode tentar andar sem ajuda - extensão de tronco aumentada, adução escapular (guarda alta), abdução ampla de M.M.I.I.

Fonte: Google

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Por gentileza deixe seu nome ou apelido, mesmo que fictício. Comentários anônimos não serão respondidos.

Como fazer download no 4shared

Termos de uso

Ano IX - © Tânia Marchezin - Fisioterapeuta - Franca/SP

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger .

TOPO