Ventiloterapia

DEFINIÇÃO

Ventilometria a mensuração dos volumes pulmonares espontâneos; volume corrente e volume minuto.
Ventiloterapia é a terapia através do controle dos volumes pulmonares espontâneos.

OBJETIVO

Avaliar os valores da respiração espontânea e, se necessário, instalar a ventilação mecânica, com o objetivo de melhorar o quadro clínico do paciente e minimizar os possíveis efeitos colaterais, em especial na hemodinâmica e usada como parâmetro no desmame para possível extubação.

INDICAÇÃO E CONTRA INDICAÇÃO

Indicações

Indicado na insuficiência respiratória;

Todo paciente no processo de desmame.

Contra-Indicação

Não aplicável.

MATERIAL NECESSÁRIO

Ventilômetro;

Conector para tubo ou traqueostomia;

Bucal;

Luvas de procedimentos;

Máscara descartável.

ORIENTAÇÃO AO PACIENTE PRÉ-PROCEDIMENTO

Orientar sobre a necessidade e como será realizada a técnica.

DESCRIÇÃO DO PROCEDIMENTO

Lavar as mãos;

Calçar as luvas de procedimento;

Adaptar o ventilômetro no tubo endotraqueal, na traqueostomia, ou no bocal e posicioná-lo na boca do paciente;

Colocar o ventilômetro no zero. Deixá-lo respirar espontaneamente por um minuto;

Retirar o ventilômetro e anotar o resultado. Repetir o procedimento 3x;

Para a mensuração do volume corrente é verificado apenas o volume dentro de um ciclo respiratório. Repetir o procedimento 3x;

Anota-se o resultado da melhor de três.

ORIENTAÇÃO DO PACIENTE E/OU FAMILIAR PÓS-PROCEDIMENTO

Não aplicável.

PONTOS CRÍTICOS E RISCOS

Tosse durante o procedimento

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Por gentileza deixe seu nome ou apelido, mesmo que fictício. Comentários anônimos não serão respondidos.

Como fazer download no 4shared

Termos de uso

Ano IX - © Tânia Marchezin - Fisioterapeuta - Franca/SP

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger .

TOPO