Atendimento em queimaduras

Classificação quanto à profundidade:


a) 1º grau :

• Pele vermelha na área queimada (eritema);
• Dor local;
• Inchaço no local;

b) 2º grau :

• Formação de bolhas;
• Dor intensa no local;
• Áreas de tecidos exposto (bolhas se rompem);
• Queimaduras de 1º grau ao redor.


c) 3º grau :

• Rubor e necrose de tecido com áreas que variam do branco pálido ao marrom escuro;
• Lesão no tecido muscular e ósseo pode estar presente;
• Perda da sensibilidade nas áreas necrosadas;
• Exposição de camadas mais profundas do tecido;
• Queimaduras de 1º e 2º grau ao redor.


Classificação quanto à extensão (adultos):

• Cabeça – 9%
• Membros superiores – 9% cada
• Membros inferiores – 18% cada
• Tronco completo – 36%
• Pescoço e área genital 1% cada.

Classificação quanto à extensão (Crianças):

• Cabeça e pescoço– 18%
• Membros superiores – 9% cada
• Membros inferiores – 13,5% cada
• Tronco completo – 36%
• Pescoço e área genital 1% cada.

Classificação quanto à gravidade:

• Grande queimado:


• A mortalidade pode ser estimada somando-se a superfície corporal
queimada à idade em anos.

Ex: Paciente de 60 anos com 30% de área corporal queimada 60 + 30 = 90% de mortalidade estimada.

a) Quanto à região queimada:

• As regiões como órgãos genitais, articulações, mãos, pés e principalmente face ou vias aéreas são regiões críticas.

b) Outros fatores:

• Doenças concomitantes, tais como a diabetes;
• Lesões associadas;
• Idade da vítima;

Procedimentos Gerais:

• Executar Suporte Básico de Vida;
• Se a vítima estiver com fogo nas vestes role-a no chão ou envolva em um cobertor úmido em seu corpo a partir do pescoço em direção aos pés. Após a extinção retirar o mesmo;
• Mantenha desobstruídas as vias aéreas e certifique-se de que a vítima respira bem, principalmente em queimadura na face;
• Tome cuidado com as queimaduras de face, pois a vítima pode ter asfixia devido ao edema de glote. Sempre administre oxigênio;
• Administre oxigênio a 15l por minuto;
• Estabeleça a gravidade;
• Retire as partes de sua roupa que não estejam grudadas na área queimada;
• Retire pulseiras, relógios e anéis imediatamente;
• Nas pequenas queimaduras de 1º e 2º grau, lavar a área afetada em água fria soro fisiológico em torno de 15 minutos até passar a dor (embora não haja evidencia científica que esta conduta produza analgesia a sensação refrescante da água pode ter efeito psicológico para vítima);
• Vítimas com grandes queimaduras não devem receber irrigação e ter seus curativos úmidos, pois estes podem provocar hipotermia;
• Envolva as regiões queimadas com curativos estéreis secos (filme de PVC, gazes estéreis ou atadura de rayon);
• Cubra a vítima com o cobertor aluminizado e o de lã após a proteção do ferimento;
• Não estoure as bolhas em queimaduras de 2º de grau;
• Não passe pomadas, mercúrio ou quaisquer outros produtos em quaisquer queimaduras;
• Atenção com as queimaduras de 3º Grau;
• Trate imediatamente o estado de choque;
• Transporte ao hospital de referência.

Procedimentos específicos para queimaduras químicas:

• Ver anterior;
• Proteção da equipe de emergência;
• Identificação do produto;
• Retire as roupas impregnadas com o agente químico;
• Lave a área afetada usando grande quantidade de água corrente por 15 minutos;
• Não use qualquer produto para tentar neutralizar o produto (geralmente ocorrem reações exotérmicas que pioram a queimadura)
• Não faça fricção no local e não empregue água com pressão para a lavagem;
• Se o agente agressor for cal virgem seco, não use água, remova o conteúdo da pele do paciente com escova macia;
• Prevenir o estado de choque;
• Transporte ao hospital de referência.

Queimaduras nos olhos:

a) Térmicas:

• Cubra os olhos da vítima com compressa macia de gaze umidificada em água fria ou soro fisiológico, fixando com fita crepe sem efetuar pressão.

b) Químicas :

• Identifique o agente agressor;
• Lave com água corrente e abundante, sem pressão ou fricção, da porção medial para a lateral, por 20 minutos;
• Logo após, cubra os olhos como na queimadura térmica;
• Retire a compressa e lave novamente os olhos da vítima por 5 minutos, se durante o transporte a vítima voltar a sentir queimação.

c) Luz intensa:

• Cubra os olhos da vítima com compressas escuras, impedindo a passagem de luz;

Em queimaduras dos olhos transporte a vítima par um hospital de referência oftalmológica.

3 Comentários:

junio disse...

muito bom!

TETON disse...

GOSTEI

Débora Santos disse...

Muito legal!!!

Postar um comentário

Por gentileza deixe seu nome ou apelido, mesmo que fictício. Comentários anônimos não serão respondidos.

Como fazer download no 4shared

Termos de uso

Ano IX - © Tânia Marchezin - Fisioterapeuta - Franca/SP

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger .

TOPO