Atendimento em queimaduras

Classificação quanto à profundidade:


a) 1º grau :

• Pele vermelha na área queimada (eritema);
• Dor local;
• Inchaço no local;

b) 2º grau :

• Formação de bolhas;
• Dor intensa no local;
• Áreas de tecidos exposto (bolhas se rompem);
• Queimaduras de 1º grau ao redor.


c) 3º grau :

• Rubor e necrose de tecido com áreas que variam do branco pálido ao marrom escuro;
• Lesão no tecido muscular e ósseo pode estar presente;
• Perda da sensibilidade nas áreas necrosadas;
• Exposição de camadas mais profundas do tecido;
• Queimaduras de 1º e 2º grau ao redor.


Classificação quanto à extensão (adultos):

• Cabeça – 9%
• Membros superiores – 9% cada
• Membros inferiores – 18% cada
• Tronco completo – 36%
• Pescoço e área genital 1% cada.

Classificação quanto à extensão (Crianças):

• Cabeça e pescoço– 18%
• Membros superiores – 9% cada
• Membros inferiores – 13,5% cada
• Tronco completo – 36%
• Pescoço e área genital 1% cada.

Classificação quanto à gravidade:

• Grande queimado:


• A mortalidade pode ser estimada somando-se a superfície corporal
queimada à idade em anos.

Ex: Paciente de 60 anos com 30% de área corporal queimada 60 + 30 = 90% de mortalidade estimada.

a) Quanto à região queimada:

• As regiões como órgãos genitais, articulações, mãos, pés e principalmente face ou vias aéreas são regiões críticas.

b) Outros fatores:

• Doenças concomitantes, tais como a diabetes;
• Lesões associadas;
• Idade da vítima;

Procedimentos Gerais:

• Executar Suporte Básico de Vida;
• Se a vítima estiver com fogo nas vestes role-a no chão ou envolva em um cobertor úmido em seu corpo a partir do pescoço em direção aos pés. Após a extinção retirar o mesmo;
• Mantenha desobstruídas as vias aéreas e certifique-se de que a vítima respira bem, principalmente em queimadura na face;
• Tome cuidado com as queimaduras de face, pois a vítima pode ter asfixia devido ao edema de glote. Sempre administre oxigênio;
• Administre oxigênio a 15l por minuto;
• Estabeleça a gravidade;
• Retire as partes de sua roupa que não estejam grudadas na área queimada;
• Retire pulseiras, relógios e anéis imediatamente;
• Nas pequenas queimaduras de 1º e 2º grau, lavar a área afetada em água fria soro fisiológico em torno de 15 minutos até passar a dor (embora não haja evidencia científica que esta conduta produza analgesia a sensação refrescante da água pode ter efeito psicológico para vítima);
• Vítimas com grandes queimaduras não devem receber irrigação e ter seus curativos úmidos, pois estes podem provocar hipotermia;
• Envolva as regiões queimadas com curativos estéreis secos (filme de PVC, gazes estéreis ou atadura de rayon);
• Cubra a vítima com o cobertor aluminizado e o de lã após a proteção do ferimento;
• Não estoure as bolhas em queimaduras de 2º de grau;
• Não passe pomadas, mercúrio ou quaisquer outros produtos em quaisquer queimaduras;
• Atenção com as queimaduras de 3º Grau;
• Trate imediatamente o estado de choque;
• Transporte ao hospital de referência.

Procedimentos específicos para queimaduras químicas:

• Ver anterior;
• Proteção da equipe de emergência;
• Identificação do produto;
• Retire as roupas impregnadas com o agente químico;
• Lave a área afetada usando grande quantidade de água corrente por 15 minutos;
• Não use qualquer produto para tentar neutralizar o produto (geralmente ocorrem reações exotérmicas que pioram a queimadura)
• Não faça fricção no local e não empregue água com pressão para a lavagem;
• Se o agente agressor for cal virgem seco, não use água, remova o conteúdo da pele do paciente com escova macia;
• Prevenir o estado de choque;
• Transporte ao hospital de referência.

Queimaduras nos olhos:

a) Térmicas:

• Cubra os olhos da vítima com compressa macia de gaze umidificada em água fria ou soro fisiológico, fixando com fita crepe sem efetuar pressão.

b) Químicas :

• Identifique o agente agressor;
• Lave com água corrente e abundante, sem pressão ou fricção, da porção medial para a lateral, por 20 minutos;
• Logo após, cubra os olhos como na queimadura térmica;
• Retire a compressa e lave novamente os olhos da vítima por 5 minutos, se durante o transporte a vítima voltar a sentir queimação.

c) Luz intensa:

• Cubra os olhos da vítima com compressas escuras, impedindo a passagem de luz;

Em queimaduras dos olhos transporte a vítima par um hospital de referência oftalmológica.

3 Comentários:

junio disse...

muito bom!

TETON disse...

GOSTEI

Débora Santos disse...

Muito legal!!!

Postar um comentário

Identifique-se para uma troca saudável

Como fazer download no 4shared

Termos de uso

Ano IX - © Tânia Marchezin - Fisioterapeuta - Franca/SP

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger .

TOPO