Goniometria do quadril

Flexão

Ocorre no plano sagital entre a cabeça do fêmur e o acetábulo do ilíaco.
Amplitude articular com o joelho fletido: 0°-125° (Marques, 2003; Palmer & Epler, 2000) e 0°-135° (Magee, 2002).

Flexão do quadril com Joelho Fletido
Flexão do Quadril com Joelho Fletido

Flexão do Quadril com Joelho Extendido
Flexão do Quadril com Joelho Extendido

Precauções

Manter o membro oposto plano sobre a mesa para controlar a inclinação pélvica posterior;
Evitar a movimentação lombossaccra.

Extensão

Ocorre no plano sagital.
Amplitude Articular: 0°-10° (Marques, 2003); 0°-10/15° (Magee, 2002; Palmer & Epler, 2000).

Extensão do quadril
Precauções

O indivíduo deverá manter as EIASs planas sobre a mesa para se ter certeza de que o movimento irá ocorrer nas artic. do quadril e não nas vértebras lombares;
Evitar a inclinação pélvica anterior.

Abdução

Na posição anatômica, o movimento ocorre no plano frontal.
Amplitude Articular: 0°-45° (Marques, 2003; Palmer & Epler, 2000) e 0°-30/50° (Magee, 2002).

Abdução do quadril
Precauções

Evitar a rotação medial ou lateral na articulação do quadril;
Evitar a inclinação lateral da coluna.

Adução

Na posição teste, o movimento de adução ocorre no plano frontal.
Amplitude Articular: 0°-15° (Marques, 2003); 0°-30° (Magee, 2002), 0°-20/30° (Palmer & Epler, 2000).

Adução do quadril

Precauções

Evitar a rotação medial do quadril;
Evitar a inclinação lateral da coluna.

Rotação Medial

Na posição teste, o movimento de rotação medial ocorre no plano transversal.
Amplitude Articular: 0°-45° (Marques, 2003); 0°-30/40° (Magee, 2002), 0°-30/45° (Palmer & Epler, 2000).

Rotação Medial do quadril
Precauções

Evitar a rotação e a inclinação lateral da pelve para o mesmo lado;
Evitar que a pelve se afaste da mesa;
Na posição sentada evitar a flexão contralateral do tronco;
Evitar a adução na artic. do quadril.

Rotação Lateral

Na posição anatômica, o movimento de rotação medial ocorre no plano transversal.
Amplitude Articular: 0°-45° (Marques, 2003); 0°-40/60° (Magee, 2002), 0°-30/45° (Palmer & Epler, 2000).

Rotação Lateral do quadril
Precauções

Evitar a rotação da pelve para o lado oposto;
Evitar a adução do quadril;
Evitar a inclinação contralateral da pelve;
Evitar a flexão ou rotação ipsilateral do tronco.

Profª. Dra. Sílvia Maria Amado João

6 Comentários:

Anônimo disse...

Ta Tudo errado! verifique a posição correta do goniômetro o braço fixo está fazendo a função do móvel.

J aluna do 7º semestre de Fisioterapia disse...

Na verdade se o goniômetro for posicionado corretamente no eixo do movimento, não importa qual é a haste fixa e qual é a móvel, desde que a pessoa que está avaliando seja capaz de identificar no final do movimento qual foi a amplitude do mesmo.

Anônimo disse...

eh isso mesmo

igor veloso
4°periodo
funorte
montes claros-mg

Vagner Almeida disse...

Bom material só falta braço fixo e móvel que estrutura anatomica fica

Victor disse...

Será que não tem como colocar as estruturas onde ficam os BF, BM e eixo do goniômetro? Fora isto estão de parabéns...

Cínthia Graziela Pinto disse...

Bacana. Pena que todas as fotos estão com o goniômetro posicionado de forma errada.

Postar um comentário

Por gentileza deixe seu nome ou apelido, mesmo que fictício. Comentários anônimos não serão respondidos.

Como fazer download no 4shared

Termos de uso

Ano IX - © Tânia Marchezin - Fisioterapeuta - Franca/SP

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger .

TOPO