Causas da hipertensão arterial

A hipertensão (pressão arterial alta) é um fator de risco importante de aterogênese, doença cardiovascular aterosclerótica, acidente vascular cerebral, doença da artéria coronária e insuficiência renal. A hipertensão pode resultar de causa desconhecida (idiopática ou essencial) ou causas secundárias. A morbidade e a mortalidade associadas são um problema significativo de saúde pública.
A hipertensão foi definida como duas ou mais leituras de pressão sistólica superiores a 140 mmHg ou de pressão diastólica superiores a 90 mmHg. Uma leitura de mais de 210 mmHg de pressão sistólica ou mais de 120 mmHg de pressão diastólica também indica hipertensão.
Cada leitura deve ser realizada depois de a pessoa estar sentada por 3 minutos.
Aproximadamente 50% dos indivíduos com mais de 60 anos de idade têm hipertensão.

Causas de Hipertensão

Hipertensão sistólica e diastólica combinadas

Transtornos renais

Doença do parênquima renal

Glomerulonefrite
Pielonefrite crônica
Nefropatia diabética
Nefrite intersticial
Rim policístico
Doença de tecido conectivo
Hidronefrose

Doença vascular renal

Obstrução aterosclerótica, trombótica ou embólica
Hiperplasia fibromuscular
Aneurisma ou aneurisma dissecante



Transtornos da glândula supra-renal

Excesso de mineralocorticóides (Hiperaldoteronismo primário ou idiopático, síndromes de excesso de DOC [desoxicorticosterona]) Síndrome de Cushing ou adrenogenital.

Transtornos neurogênicos

Aumento da pressão intracraniana
Tumores encefálicos
Encefalite
Transecção de medula espinal
Neuroblastoma

Transtornos hematológicos

Policitemia
Eritropoietina

Transtornos das glândulas paratireóides e tireóide

Hiperparatireoidismo (também outras causas de hipercalcemia)
Mixedema

Coartação da aorta

Parte torácica
Parte abdominal (com ou sem comprometimento da a. renal)

Toxemia da gravidez

Pré-eclâmpsia
Eclâmpsia


Induzida por medicamentos ou dieta

Contraceptivos orais
Estrógenos
Alcaçuz
Ciclosporina
Cocaína
Anfetaminas
Simpaticomiméticos
Inibidores da monoamina oxidase

Hipertensão sistólica isolada

Aumento da fração de ejeção ventricular esquerda

Regurgitação da aorta
Ducto arterial persistente
Hipertireoidismo
Fístula arteriovenosa

Redução da distensibilidade aórtica

Arterioesclerose da aorta
Coartação da aorta


Uma informação adicional, antes da leitura da pressão arterial a pessoa deverá estar de "bexiga vazia".

Fonte: Lucas Queiroz

6 Comentários:

Dani Souto disse...

Infelizmente é uma doença silenciosa!!! Muitas pessoas a tem, sem saber!

Adm. Blog disse...

Realmente Dani, para muitos esta doença só é detectada quando as repercussões já se fazem presentes no organismo.
Obrigada pela visita.
Abraços

Drauzio Milagres disse...

As pessoas precisam levar a hipertensão mais a sério.

Um abraço.

Drauzio Milagres

Adm. Blog disse...

Realmente Drauzio, é uma doença que pode trazer muitas complicações, que poderiam ser evitadas se houver um controle da pressão arterial.
Forte abraço

Lucas Queiroz disse...

Silenciosa até demais, eu descobri minha suspeita de Hipertensão em uma aula pratica na faculdade, 150/90 mmHg, procurei um cardiologista imediatamente e fiz um acompanhamento da pressão e no fim ele disse que não tenho problemas de pressão arterial, somente tenho que tomar cuidado com ingesta de sal.

Creio que ela sobe devido a fatores emocionais(estresse) e medicamentos, hoje ela gira entorno de 120/90 a 130/90.

Uma informação adicional, antes da leitura a pessoa deve está de "bexiga vazia".

Adm. Blog disse...

Muitas pessoas descobrem a hipertensão das formas mais inusitadas. Realmente fatores emocionais interferem e muito nas oscilações da PA.
Lucas, obrigada pelas visitas e informações, só engrandecem as postagens.
Forte abraço

Postar um comentário

Por gentileza deixe seu nome ou apelido, mesmo que fictício. Comentários anônimos não serão respondidos.

Como fazer download no 4shared

Termos de uso

Ano IX - © Tânia Marchezin - Fisioterapeuta - Franca/SP

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger .

TOPO