Bursite de cotovelo

O que é?


É a inflamação da bursa, um tipo de almofada que fica entre o osso e a pele, amortecendo o impacto no cotovelo. Caso ocorra traumas ou apoio prolongado sobre a bursa, esta pode ficar inflamada. Algo muito comum em certas profissões em que se apóia o corpo sobre o cotovelo, como pintores e bombeiros hidráulicos.

Sinais e sintomas:

Após um trauma, o cotovelo incha rápido e a pele pode apresentar arranhaduras ou cortes. Se o cotovelo incha devagar, provavelmente é algo crônico, que promove pressão por depositar o peso sobre este. O local pode ficar doloroso, sensível ao toque ou incapaz de se movimentar normalmente. Caso a pele esteja vermelha e quente, pode ser sinal de uma infecção.

O que alivia o edema?

Caso o inchaço se desenvolva gradualmente, não seja muito grande e não houve trauma, algumas medidas podem ser usadas na tentativa de diminuí-lo:

1. Parar as atividades que colocam pressão sobre o cotovelo;
2. Colocar gelo por 15 a 20 minutos, três ou quatro vezes ao dia;
3. Amarra ataduras elásticas em volta do cotovelo para diminuir o edema;
4. Elevar o cotovelo acima o nível do coração. 


Quando procurar o ortopedista?

→ Caso os sintomas persistam após a tentativa de diminuir o edema.
→ Caso o cotovelo esteja avermelhado e a dor aumente no local do edema.
→ Caso ocorra aumento rápido após um trauma, pois pode haver fraturas.

Qual o tratamento?

Além das medicas já citadas, o ortopedista pode associar:

1. Aspiração da bursa;
2. Uso de antiinflamatórios;
3. Injeção de corticosteróide;
4. Remoção cirúrgica da bursa;

Existe prevenção?

Evitar submeter o cotovelo a situações de pressão excessivas, o que é de difícil adesão pelo paciente.


Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Por gentileza deixe seu nome ou apelido, mesmo que fictício. Comentários anônimos não serão respondidos.

Como fazer download no 4shared

Termos de uso

Ano IX - © Tânia Marchezin - Fisioterapeuta - Franca/SP

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger .

TOPO