Avaliação fisioterapêutica em reumatologia

 Por que avaliar?

Fator diagnóstico; compreensão completa e clara dos problemas e da história do paciente, bem como a base física dos sintomas.
Planejamento de tratamento efetivo, compatível com as necessidades e metas do paciente e membros da equipe de saúde;
Controle e evolução do quadro e tratamento = prognóstico funcional
Primeiro contato  durante avaliação:

Paciente pouco a vontade (transmitir segurança, observar linguagem não verbal voluntária e não voluntária)
Movimentos Corporais: observar sempre os movimentos que possam transmitir insegurança, medo, ansiedade, olhar refletindo emoção, posições corporais, expressões faciais, gestos e postura.
Fala: observar o tom, timbre, ênfase; que podem significar emoções como raiva, medo tristeza.
Atitude com a doença: veio ao tratamento espontaneamente ou não, conhecimento da doença e da sua evolução
Sinais psicológicos: depressão, ansiedade
Efeitos da doença qualidade de vida
Expectativa quanto ao tratamento

Princípios básicos da avaliação fisioterápica

Ouvir o paciente
Olhar para o paciente com manifestação de interesse
Sentar-se o mais próximo possível
Atentar para linguagem não verbal
Desestimular informações irrelevantes
Fazer perguntas de fácil compreensão
Formular perguntas q/ não conduza o paciente a respostas tendenciosas
Realizar uma pergunta de cada vez
Saber interpretar o q/ ouve do paciente.

Ficha de avaliação fisioterapêutica

Dados pessoais

Nome
Sexo
Nascimento
Raça
Endereço
Telefone
e-mail
Naturalidade
Estado civil
Número de filhos
Membro dominante
Profissão
Grau de escolaridade
Diagnóstico clínico
Nome e telefone do médico responsável pelo diagnóstico clínico

Anamnese

Queixa principal (s.i.c.)
História da molétia atual (Como? Quando? Onde?)
História da moléstia pregressa (Procurar alguma ligação com a doença atual)
Antecedentes pessoais

Ficha de avaliação fisioterapêutica
Geral:

Pressão arterial (mmHg)
Peso (Kg)Freqüência cardíaca (bpm)
Altura(m)
Freqüência respiratória (rpm)
Temperatura (°C)

Específico:

Inspeção

Palpação

Avaliação da ADM (detalhar qual o movimento realizado, qual o ponto de referência para o braço móvel e o braço fixo do goniômetro e sempre realizar de forma bilateral para comparações)

Perimetria (anotar quais foram os pontos anatômicos de referência e qual foi a distância entre cada medição)

Equilíbrio estático e dinâmico/Avaliação da Marcha (descrição detalhada da marcha realizada pelo paciente)/Avaliação Respiratória (padrão respiratório, tipo de tórax, etc.)

Avaliação Funcional (tanto AVD quanto AVP anotar detalhadamente quais são as dificuldades que o paciente relata e qual o grau de dificuldade para a realização das mesmas)

Testes Especiais

Objetivos

Prognóstico

Conduta curto e a longo prazo


2 Comentários:

Weryk Manoel disse...

Muito Legal

Unknown disse...

Bom mesmo.

Postar um comentário

Por gentileza deixe seu nome ou apelido, mesmo que fictício. Comentários anônimos não serão respondidos.

Como fazer download no 4shared

Termos de uso

Ano IX - © Tânia Marchezin - Fisioterapeuta - Franca/SP

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger .

TOPO