Prova fisioterapeuta Cetro 1

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

15. A etiologia das Doenças do Fechamento do Tubo Neural, onde se destaca a Mielomeningocele, é multifatorial, porém, embora seja multifatorial, sua etiologia está fortemente ligada a fatores nutricionais maternos. Identifique abaixo o principal distúrbio nutricional materno
que pode estar associado à ocorrência da mielomeningocele.

(A) Deficiência de ferro (anemia ferropriva).
(B) Deficiência de acido fólico.
(C) Deficiência de proteínas.
(D) Deficiência de calorias.
(E) Deficiência de proteínas e calorias.

16. Um fisioterapeuta, ao colher a história durante a avaliação de uma criança com diagnóstico clínico de Paralisia Cerebral, verificou que a mesma nasceu prematura e apresentou Leucomalácia Periventricular. Qual tipo de Paralisia Cerebral pode ter a etiologia acima descrita?

(A) Diparesia espástica.
(B) Tetraparesia atetóide.
(C) Hemiparesia espástica.
(D) Tetraparesia espástica.
(E) Ataxia.

17. A Síndrome de Down é a aberração cromossômica mais prevalente na população mundial. Quais os fatores que predispõem ao nascimento de uma criança com Síndrome de Down?

(A) Uso de fumo durante a gestação.
(B) Consumo de drogas ilícitas durante a gestação.
(C) Idade materna avançada.
(D) Consumo de álcool durante a gestação.
(E) Idade paterna avançada.

18. Um fisioterapeuta, após realizar avaliação postural de um paciente, detectou a presença de hiperlordose lombar. Aponte abaixo os músculos que, quando encurtados, podem ocasionar diretamente (tem origem ou inserções na coluna lombar) esta alteração postural.

(A) Paravertebrais, Isquiotibiais, e Diafragma.
(B) Psoas Maior, Abdominais e Paravertebrais.
(C) Paravertebrais, Diafragma e Psoas Maior.
(D) Glúteos, Isquiotibiais e Psoas Maior.
(E) Diafragma, Glúteos e Paravertebrais.

19. Nas lesões piramidais tem-se presente o sinal de Babinski, que apresenta como resposta

(A) flexão do hálux e artelhos.
(B) extensão do hálux, e abertura em leque e flexão dos artelhos.
(C) flexão do hálux e extensão dos artelhos.
(D) extensão do hálux e dos artelhos.
(E) flexão do hálux e abdução dos artelhos.

20. Durante a respiração normal a expiração se processa passivamente, porém pode também ser auxiliada por músculos acessórios. São considerados músculos acessórios da expiração:

(A) Músculos abdominais, diafragma e quadrado lombar.
(B) Músculos abdominais, peitoral maior e menor e quadrado lombar.
(C) Músculos abdominais, intercostais internos e escalenos.
(D) Músculos abdominais, intercostais internos e quadrado lombar.
(E) Músculos abdominais, intercostais externos e trapézio.

21. Com o advento da AIDS, a Tuberculose voltou a ser uma doença com alta prevalência na população brasileira, merecendo, em razão disso, a atenção de todos os profissionais de saúde. Identifique abaixo as principais manifestações clínicas da Tuberculose Pulmonar.

(A) Anorexia, perda de peso, tosse e febre moderada, freqüentemente vespertina e persistente por mais de 15 dias.
(B) Anorexia e perda de peso, tosse, dispnéia, taquipnéia e febre, geralmente acima de 390C,
freqüentemente vespertina e persistente por mais de 15 dias.
(C) Anorexia e perda de peso, dispnéia, taquipnéia e febre moderada, freqüentemente vespertina e persistente por mais de 15 dias.
(D) Anorexia e perda de peso, tosse, rinofaringite, otite média, traqueobronquite e febre moderada,
freqüentemente vespertina e persistente por mais de 15 dias.
(E) Anorexia, perda de peso, rinofaringite, coriza e febre elevada, freqüentemente matutina e persistente por mais de 15 dias.

22. Ao avaliar a mobilidade muscular ativa e a força muscular, tem-se como recurso uma tabela com normas internacionais. Quando se consegue vencer a gravidade, mas não a resistência, pode-se dizer que o grau será

(A) Grau 1.
(B) Grau 2.
(C) Grau 3.
(D) Grau 4.
(E) Grau 5.

23. Paciente com Lesão Medular em T1, membros superiores preservados, sem estabilidade de tronco, reserva respiratória de origem intercostal diminuída e fixação do tronco na origem dos membros superiores apresentando perda do movimento. Indicação de órtese longa bilateral com cinto pélvico e prolongamento torácico. Esse paciente conseguirá

(A) marcha em 3 pontos.
(B) marcha em 2 pontos e marcha em 4 pontos.
(C) marcha em arrasto e marcha em 2 pontos.
(D) marcha em 4 pontos.
(E) marcha em arrasto e ortostatismo.

24. As bengalas são dispositivos auxiliares da marcha, utilizados com a finalidade de aumentar o equilíbrio e proporcionar discreta diminuição da descarga de peso de um dos membros inferiores. Justifique a forma correta de utilização de uma bengala para uma paciente com artrose de joelho direito.

(A) A bengala deve ser utilizada do lado direito e movimentar-se juntamente com o membro inferior contralateral.
(B) A bengala deve ser utilizada do lado esquerdo e movimentar-se juntamente com o membro inferior homolateral.
(C) A bengala deve ser utilizada do lado esquerdo e movimentar-se juntamente com o membro inferior contralateral.
(D) A bengala deve ser utilizada do lado direito e movimentar-se juntamente com o membro inferior homolateral.
(E) Não existe uma forma pré-estabelecida para utilização da bengala.

25. Existe bastante controvérsia com relação à atividade física durante a gestação, porém em alguns aspectos existe consenso. Com relação à atividade física durante a gestação, pode-se afirmar que:

(A) As atividades físicas não são indicadas durante a gestação.
(B) As atividades físicas leves, o ortostatismo superior a 2 horas e as caminhadas de até 50 minutos resultam em benefício para a gestante e o feto.
(C) As atividades físicas leves, a hidroterapia, as caminhadas de até 50 minutos resultam em benefício para a gestante e o feto.
(D) As atividades físicas leves, as caminhadas de até 50 minutos resultam em benefício para a gestante e o feto, porém a hidroterapia é contra indicada.
(E) Toda atividade física praticada pela gestante resulta em benefício para a mãe e para o feto.

26. Nos últimos anos foram publicados vários trabalhos relatando o uso da toxina botulínica no tratamento da espasticidade. Baseado nestes relatos científicos, é correto afirmar que:

(A) A toxina botulínica pode ser aplicada em ambulatório, quando é aplicada nos pontos motores dos músculos espásticos e seu efeito dura de 2 a 6 meses após a aplicação.
(B) A sua aplicação deve ser realizada em centro cirúrgico, mediante anestesia do paciente.
(C) A toxina é injetada no nervo motor, provocando uma axoniotmese, e assim lentificando a condução nervosa e diminuindo o tônus do músculo.
(D) A toxina botulínica não é indicada para crianças e gestantes.
(E) O relaxamento muscular pode ser sentido logo após a aplicação da toxina, durando de 4 a 12 meses, tempo necessário para a reconstrução da bainha de mielina.

27. As displasias de quadril podem levar a uma sub-luxação ou a uma luxação de quadril; assim, o exame de quadril deve fazer parte da avaliação rotineira de todo fisioterapeuta. Identifique abaixo os sinais clínicos de uma luxação unilateral do quadril de um lactente.

(A) Limitação da adução do quadril luxado, assimetria das dobras cutâneas na região glútea, comprimento do membro inferior luxado aparentemente maior, dor à movimentação do quadril luxado.
(B) Limitação da adução do quadril luxado, assimetria das dobras cutâneas na região glútea, comprimento do membro inferior luxado aparentemente menor, dor à movimentação do quadril luxado.
(C) Limitação da flexão do quadril luxado, assimetria das dobras cutâneas na região glútea, comprimento do membro inferior luxado aparentemente menor, dor à movimentação do quadril luxado.
(D) Limitação da extensão do quadril luxado, assimetria das dobras cutâneas na região glútea, comprimento do membro inferior luxado aparentemente maior, dor à movimentação do quadril luxado.
(E) Limitação da abdução do quadril luxado, assimetria das dobras cutâneas na região glútea, comprimento do membro inferior luxado aparentemente menor, dor à movimentação do quadril luxado.

28. Criança que inicia a simetria da cabeça e membros, eleva as pernas e alcança os pés, rola dissociando ombros e quadris, leva objetos a boca, segura objetos com as mãos na linha média, realiza extensão do tronco com anteversão da pelve em prono, alongando os flexores do quadril. Desenvolve também os flexores laterais da cabeça e os músculos que dão suporte ao tronco, como o músculo serrátil. O quadro descrito é característico da fase do desenvolvimento normal

(A) de 3 a 6 meses.
(B) de 0 a 3 meses.
(C) de 2 a 4 meses.
(D) de 6 a 9 meses.
(E) de 5 a 8 meses.

29. Em qual nível neurológico de lesão medular completa é necessário o uso de ventilação mecânica?

(A) Acima de C4.
(B) Acima de C7.
(C) Acima de T1.
(D) Abaixo de T1.
(E) Acima de T2.

30. Na utilização do TENS para quadros de dores agudas, deve-se usar

(A) freqüência baixa e intensidade elevada.
(B) freqüência baixa e intensidade moderada.
(C) freqüência elevada e intensidade moderada.
(D) freqüência elevada e intensidade elevada.

31. Paciente adulto sofreu ferimento por arma de fogo, resultando em traumatismo raquimedular completo, nível neurológico de T1. Assinale abaixo o provável déficit sensório motor que este paciente tende a apresentar.

(A) Perda da flexão dos dedos e da sensibilidade na face interna do braço.
(B) Perda da adução e abdução do ombro e da sensibilidade na face interna do antebraço.
(C) Perda da flexão e extensão do punho e dedos e da sensibilidade na face externa do braço.
(D) Perda da adução e abdução dos dedos e da sensibilidade na face interna do braço.
(E) Perda da flexão e extensão do punho, da adução e abdução dos dedos e da sensibilidade na face externa do braço.

32. Paciente adulto, 25 anos de idade, apresentou um tumor em cerebelo, sendo submetido à cirurgia, que retirou parte de seu cerebelo. Qual a mais provável disfunção neuromotora que este paciente pode apresentar?

(A) Espasticidade elástica.
(B) Nistagmo, incoordenação motora, diminuição de tônus, ataxia, perda de equilíbrio
(C) Espasticidade plástica.
(D) Flutuação de tônus do tipo atetóide, com o tônus flutuando do normal para a hipotonia.
(E) Flutuação de tônus do tipo coréia, com o tônus flutuando do normal para a hipertonia.

33. Ao realizar avaliação postural de um paciente o fisioterapeuta detectou retroversão pélvica. Quais os músculos que quando encurtados, predispõem esta alteração postural?

(A) Músculo psoas maior.
(B) Músculos abdominais.
(C) Músculos isquiotibiais.
(D) Músculos paravertebrais.
(E) Músculo quadríceps.

34. Um paciente apresentando marcha em bloco sem dissociação das cinturas pélvica e escapular, cabeça e tronco permanecem inclinados para frente, os passos são curtos e a marcha é vagarosa. Por ação involuntária pode ocorrer aceleração dos passos (fenômeno de festinação) e por vezes, o paciente só se detém quando encontra um obstáculo. Esse tipo de marcha é característico de uma das patologias citadas abaixo. Assinale a alternativa correta.

(A) Acidente Vascular Encefálico.
(B) Doença de Parkinson.
(C) Distrofia Muscular.
(D) Miopatia.
(E) Síndrome de Guillain-Barré.

35. Numa avaliação realizada em um paciente que apresenta dor em região lombar com irradiação para MMSS, realizar-se um teste onde se pede ao paciente para ficar em decúbito dorsal, eleva-se sua perna até o inicio da dor. Abaixa-se a perna 5º e dorsiflexiona o pé. Se houver dor entre 35º e 70º, suspeita-se de irritação intradural do nervo ciático. Qual o teste utilizado?

(A) Teste de Braggard.
(B) Teste de Bowstring.
(C) Teste de Bonnet.
(D) Teste de Belt.
(E) Teste de Lewin.

36. Em quais dessas patologias pode-se aplicar o US?

(A) Tumores, Distensão, Ciatalgia, Flebite.
(B) Paralisia, Tumores, Neuralgia.
(C) Anquilose, Neuralgia, Flebite.
(D) Anquilose, Ciatalgia, Neuralgia, Neuroma de Coto Doloroso.
(E) Distensão, Ciatalgia, Artrite Reumatóide Aguda, Trombose.

37. Quais os músculos que compreendem o Manguito Rotador?

(A) Deltóide, bíceps, peitoral maior.
(B) Trapézio, redondo menor, levantador da escapula.
(C) Esternocleidomastóideo, deltóide, supra-espinhal.
(D) Subescapular, infra-espinhal, trapézio.
(E) Redondo menor, infra-espinhal, supra-espinhal e subescapular.

38. Quando ocorre fraqueza (paresia) importante ou paralisia do músculo deltóide, o paciente apresentará perda total ou parcial da

(A) adução de ombro.
(B) flexão de ombro.
(C) rotação glenoumeral.
(D) rotação superior.
(E) abdução glenoumeral.

39. Quais são os músculos que realizam a inversão de tornozelo?

(A) Fibulares longo e curto, extensor longo dos dedos e fibular terceiro.
(B) Tibial anterior, extensor longo do hálux, extensor longo dos dedos e fibular terceiro.
(C) Tibial posterior com auxilio do gastrocnêmios-sóleo, e pelos flexores longos dos dedos.
(D) Tibial anterior, flexores longos dos dedos e fibular terceiro.
(E) Fibular longo, tibial posterior e flexor curto dos dedos.

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Por gentileza deixe seu nome ou apelido, mesmo que fictício. Comentários anônimos não serão respondidos.

Como fazer download no 4shared

Termos de uso

Ano IX - © Tânia Marchezin - Fisioterapeuta - Franca/SP

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger .

TOPO