Avaliação nervo mediano



Função Principal

Composto por fibras autônomas, sensitivas e motoras. Responsável pela parte autonômica (suor e produção de óleo) e sensibilidade da parte lateral do antebraço, mão, polegar, 2º, 3º e metade do 4º dedo (vide figura). Responsável também pela inervação de parte da musculatura do antebraço e dos intrínsecos da mão (pequenos músculos).



Na hanseníase a lesão do nervo mediano leva à alteração da sensibilidade, principalmente, na palma da mão (lado do polegar – vide figura) e dos movimentos de abdução e oponência do polegar e posição intrínseca da mão (2º e 3º dedos).

Palpação do nervo mediano

Técnica

- Seguir orientações gerais descritas.
- Punho ligeiramente fletido (dobrado), mão ligeiramente fechada apoiada na mão do avaliador.
- Local de palpação: ao nível do punho entre os tendões (vide figura).



OBS: o nervo mediano é raramente palpável, pois ele passa mais profundamente. O teste é feito, principalmente, para verificar a presença de dor com percussão.

Teste de força muscular

Movimento

Abdução do polegar

Técnica

- Seguir orientações gerais descritas.
- Dorso da mão do paciente apoiada sobre a mão do avaliador.
- Solicitar ao paciente que levante o polegar mantendo-o elevado na direção do 3° dedo.
- O avaliador aplica resistência na falange proximal do polegar, no sentido para frente e para baixo (vide desenho).
- Graduar a força muscular.

Obs: A resistência só deve ser colocada quando o paciente realiza o movimento solicitado de forma completa.

Teste de sensibilidade

Técnica

- Seguir orientações gerais descritas à p. 20.
- Tocar o monofilamento ou a caneta, de acordo com a técnica descrita anteriormente, nos 3 pontos da palma da mão correspondentes à área inervada pelo nervo mediano: falange distal do 2º dedo, falange proximal do 2º dedo e falange distal do polegar (vide figura).



Dano do nervo mediano

Observações e queixas principais
Dor na região do mediano, principalmente, no punho.
Dificuldade de levantar o polegar.
Dificuldade de segurar objetos.
Dormência no polegar, 2° e 3° dedos.

Consequências da lesão neural

Paresia ou paralisia da musculatura inervada pelo nervo mediano, levando à garra do polegar, 2° e 3° dedos.
Diminuição, ou perda, da sensibilidade na área inervada pelo nervo mediano.
Atrofia da região tenar.

Cuidados a serem tomados

Auto inspeção diária.
Hidratação e Lubrificação no caso de ressecamento.
Exercícios.
Proteção das áreas com falta de sensibilidade protetora.

Fonte: Avaliação Neurológica Simplificada/Linda Faye Lehman, Maria Beatriz Penna Orsini, Priscila Leiko Fuzikawa, Ronise Costa Lima, Soraya Diniz

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Por gentileza deixe seu nome ou apelido, mesmo que fictício. Comentários anônimos não serão respondidos.

Como fazer download no 4shared

Termos de uso

Ano IX - © Tânia Marchezin - Fisioterapeuta - Franca/SP

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger .

TOPO