Alterações do aparelho respiratório com o envelhecimento

O envelhecimento ocasiona alterações na parede torácica, diminuindo sua complacência, para tanto ocorre o seguinte:

· A osteoporose senil reduz, progressiva ou agudamente a altura das vértebras torácicas provocando cifose e aumento do diâmetro ântero-posterior do tórax, com isso, ocorrerá uma diminuição da complacência da caixa torácica.

· Ocorre calcificação das articulações condroesternais e condrovertebrais que reduzem a expansibilidade durante a inspiração.

· Estas alterações osteoarticulares alteram a curvatura diafragmática interferindo na contração muscular efetiva para uma mecânica respiratória eficaz.

A musculatura respiratória sofre alterações

· Estima-se que a perda progressiva de massa muscular com a idade, principalmente fibras de contração rápida (tipo II), diminua a capacidade de tensão muscular necessária ao diafragma.

· Observam-se também alterações nas junções neuromusculares e perda de neurônios motores periféricos com seletiva desnervação para as fibras musculares tipo II.

· Um homem idoso gasta em média 20% a mais de energia que um adulto jovem para a mesma atividade respiratória.

O parênquima pulmonar sofre alterações

· Nota-se mudanças na configuração do colágeno e a existência de pseudoelastina no parênquima, o que causa progressiva queda da pressão de retração elástica do pulmão. Isso acarreta em maior distensão e rigidez pulmonar com o avanço da idade.

· Após os 50 anos associa-se a degeneração das fibras elásticas ao redor  dos ductos alveolares que promove constrição prematura das pequenas vias respiratórias durante a expiração.

Alterações imunológicas

· Nota-se aumento do numero de neutrófilos em relação a macrófagos e aumento de IgM e IgA e da relação CD4+/CD8+. Isso sugere incremento na coordenação de respostas imunes (CD4), possivelmente, pelo volume de estímulos antigênicos repetitivos durante o processo da vida, e perda parcial da capacidade de destruição (CD8) de células infectadas por vírus.

· Observa-se também maior capacidade dos macrófagos em liberar radicais livres em resposta a estímulos ambientais e/ou microorganismos no idoso.

· Tais mudanças provocam no trato respiratório inferior um grau persistente de inflamação que causa, por sua vez, lesão proteolítica e oxidativa mediada, resultando na perda de atividades alveolares com o envelhecimento.

Provas da função pulmonar

· Espaço morto aumenta em 50% entre os 20 e 70 anos de idade.

· O volume residual aumenta.

· Ocorre decréscimo de ate 75% da capacidade vital.

· Ocorre aumento da capacidade residual funcional. Dessa maneira idosos necessitam respirar maiores volumes de ar que os adultos jovens.

· Queda do FEV1 de aproximadamente 20 a 29ml/ano bem como da CVF de 14 a 25 ml/ano.

· O fluxo expiratório máximo tende à decrescer com a idade devido às mudanças nas pequenas vias respiratórias pelo envelhecimento.

· Decréscimo do fluxo inspiratório máximo.

Mecanismos compensatórios: a sensibilidade dos quimiorreceptores à diminuição da PO2 bem como da PCO2 está diminuída. Portanto, o aumento da FC pode não ser suficiente em inúmeras situações.

Resumo das alterações
O que está diminuído
FEV1
Diminuído
Complacência da parede torácica
Diminuída
Capacidade vital
Diminuída
Complacência total
Diminuída
Pressão inspiratória máxima
Diminuída
Pressão transdiafragmática
Diminuída
Ventilação voluntária máxima
Diminuída
Capacidade de difusão do CO2
Diminuída
Substâncias antioxidantes epiteliais
Diminuída
Força dos músculos respiratórios
Diminuída
Pressão artérial de oxigênio
Diminuída
Sensibilidade respiratória à hipóxia
Diminuída
O que está aumentado
Complacência pulmonar
Aumentada
Espaço morto
Aumentado
Capacidade residual funcional
Aumentada
Volume residual
Aumentado
Percentual de neutrófilos
Aumentado
Relação CD4+/CD8+
Aumentada
O que está inalterado
Capacidade pulmonar total
Inalterada
  

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Identifique-se para uma troca saudável

Como fazer download no 4shared

Termos de uso

Ano IX - © Tânia Marchezin - Fisioterapeuta - Franca/SP

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger .

TOPO