Mobilização precoce e o ABCDE

Para o manejo da fraqueza e do delirium adquiridos na UTI, uma nova abordagem multiprofissional foi proposta, com base em um conjunto de ações realizadas em equipe e de forma reprodutível. Esse novo conjunto de práticas, conhecido como novo bundle da terapia intensiva, é composto de cinco ações, demonstradas no quadro a seguir:


Fonte: LUQUE, 2014

As bases do ABCDE da terapia intensiva dependem principalmente dos seguintes princípios:

1- Melhorar a comunicação entre os membros da equipe da UTI;
2- Padronizar os processos de atendimento;
3- Quebrar o ciclo de super sedação, que podem, posteriormente, contribuir para o delirium e fraqueza adquirida na UTI;
4- Reduzir a imobilidade e a falta de comunicação com os pacientes críticos.

A- Acordar o paciente: Avaliar diariamente o nível de Sedação, para que com isso possamos progredir de forma adequada no Desmame e Reabilitação Precoce. Podemos utilizar a escala RASS (Richmond Agitation Sedation Scale) em conjunto com a equipe multiprofissional, para sempre manter a dose necessária para deixar o paciente com valores de 0 a -2 (Alerta e calmo - Sedação Leve: Acorda rapidamente e mantém contato visual).

B- Breath - Protocolos de Desmame da VM: A utilização de protocolos de Desmame é capaz de reduzir o tempo necessário até o 1º TRE, bem como seu sucesso e reduz o tempo total de VM e aumenta o sucesso da extubação. Existem indicadores de qualidade deste desfecho (Taxa de Sucesso do TRE, Taxa de Sucesso da Extubação, Taxa de Reintubação, Tempo médio de VM, Dias livres fora da VM e Taxa de pacientes em VM prolongada - >21 dias de VM).

C- Coordenação entre as ações de A e B: Pacientes com adequado nível de sedação são mais expostos a Reabilitação Precoce e TRE.

D- Delirium - Monitorização e Manejo do delirium: O delirium é uma disfunção cerebral aguda bastante comum em UTI e que pode interferir diretamente nos desfechos. No caso da nossa equipe, essa disfunção pode minimizar a progressão da Reabilitação, já que o paciente provavelmente não irá colaborar com a terapia proposta. Podemos, durante nossa avaliação, utilizar além da RASS, a CAM-ICU (Confusion Assesment Method - Intensive Care Unit), que avalia a presença de delirium. Sempre que for avaliar o paciente, tente situar o mesmo no tempo e no espaço, essa simples atitude é muito efetiva na redução da Inquietação/Agitação e do delirium.

E- Exercício/Mobilização Precoce: a Mobilização é eficaz em reduzir o tempo de VM e Mortalidade, além de também ter efeito positivo sobre o delirium.


Fonte: Caio Veloso da Costa

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Identifique-se para uma troca saudável

Como fazer download no 4shared

Termos de uso

Ano IX - © Tânia Marchezin - Fisioterapeuta - Franca/SP

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger .

TOPO