COLABORE COM O BLOG...COLABORE COM O BLOG...COLABORE COM O BLOG...COLABORE COM O BLOG

Prova fisioterapeuta cetro 3

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

15. A etiologia das Doenças do Fechamento do Tubo Neural, onde se destaca a  Mielomeningocele, é multifatorial, porém, embora seja multifatorial, sua etiologia está fortemente ligada a fatores nutricionais maternos.
Identifique abaixo o principal distúrbio nutricional materno que pode estar associado à ocorrência da mielomeningocele.

(A) Deficiência de ferro (anemia ferropriva).
(B) Deficiência de acido fólico.
(C) Deficiência de proteínas.
(D) Deficiência de calorias.
(E) Deficiência de proteínas e calorias.

16. Um fisioterapeuta, após realizar avaliação postural de um paciente, detectou a presença de hiperlordose lombar. Aponte abaixo os músculos que, quando encurtados, podem ocasionar diretamente (tem origem ou inserções na coluna lombar) esta alteração postural.

(A) Paravertebrais, Isquiotibiais, e Diafragma.
(B) Psoas Maior, Abdominais e Paravertebrais.
(C) Paravertebrais, Diafragma e Psoas Maior.
(D) Glúteos, Isquiotibiais e Psoas Maior.
(E) Diafragma, Glúteos e Paravertebrais.

17. A Doença Hipertensiva Específica da Gravidez (DHEG), na sua forma pura, caracteriza-se pelo aparecimento de quais sintomas em grávida normotensa, após a vigésima semana de gestação?

(A) Hipertensão, aumento da diurese, náuseas e vômitos.
(B) Hipertensão, edema, náuseas e vômitos.
(C) Cloasma gravídico, edema, desmaios e vertigens.
(D) Hipertensão, edema e leucorréia.
(E) Hipertensão, proteinúria e edema.

18. Um fisioterapeuta, após realizar avaliação da flexibilidade em um paciente, constatou encurtamento do músculo Reto Femoral. Qual seria a forma mais eficiente para alongar este músculo?

(A) Estender o quadril.
(B) Flexionar o joelho.
(C) Flexionar o quadril e joelho.
(D) Flexionar o joelho e estender o quadril.
(E) Estender o joelho e flexionar o quadril.

19. Um fisioterapeuta, ao colher a história durante a avaliação de uma criança com diagnóstico clínico de Paralisia Cerebral, verificou que a mesma nasceu prematura e apresentou Leucomalácia Periventricular. Qual tipo de Paralisia Cerebral pode ter a etiologia acima descrita?

(A) Diparesia espástica.
(B) Tetraparesia atetóide.
(C) Hemiparesia espástica.
(D) Tetraparesia espástica.
(E) Ataxia.

20. A Síndrome de Down é a aberração cromossômica mais prevalente na população mundial. Quais os fatores que predispõem ao nascimento de uma criança com Síndrome de Down?

(A) Uso de fumo durante a gestação.
(B) Consumo de drogas ilícitas durante a gestação.
(C) Idade materna avançada.
(D) Consumo de álcool durante a gestação.
(E) Idade paterna avançada.

21. Durante a respiração normal a expiração se processa passivamente, porém pode também ser auxiliada por músculos acessórios. São considerados músculos acessórios da expiração:

(A) músculos abdominais, diafragma e quadrado lombar.
(B) músculos abdominais, peitoral maior e menor e quadrado lombar.
(C) músculos abdominais, intercostais internos e escalenos.
(D) músculos abdominais, intercostais internos e quadrado lombar.
(E) músculos abdominais, intercostais externos e trapézio.

22. Com o advento da AIDS, a Tuberculose voltou a ser uma doença com alta prevalência na população brasileira, merecendo, em razão disso, a atenção de todos os profissionais de saúde. Identifique abaixo as principais manifestações clínicas da Tuberculose Pulmonar.

(A) Anorexia, perda de peso, tosse e febre moderada, freqüentemente vespertina e persistente por mais de 15 dias.
(B) Anorexia e perda de peso, tosse, dispnéia, taquipnéia e febre, geralmente acima de 390C, freqüentemente vespertina e persistente por mais de 15 dias.
(C) Anorexia e perda de peso, dispnéia, taquipnéia e febre moderada, freqüentemente vespertina e persistente por mais de 15 dias.
(D) Anorexia e perda de peso, tosse, rinofaringite, otite média, traqueobronquite e febre moderada, freqüentemente vespertina e persistente por mais de 15 dias.
(E) Anorexia, perda de peso, rinofaringite, coriza e febre elevada, freqüentemente matutina e persistente por mais de 15 dias.

23. Considera-se como músculos primários da inspiração a musculatura diafragmática, os músculos intercostais e atualmente também os escalenos. Porém outros músculos têm seu papel atuando secundariamente na inspiração, sendo considerados como acessórios. Identifique abaixo os principais músculos acessórios da inspiração.

(A) Músculos laríngeos, peitorais, trapézios, esternocleidomastóideo, elevador da escápula, serratil anterior, subclávio, rombóides, grande dorsal e transversos do abdômen.
(B) Músculos laríngeos, peitorais, trapézios, esternocleidomastóideo, elevador da escápula, serratil anterior, subclávio, rombóides, grande dorsal e iliocostal.
(C) Músculos laríngeos, peitorais, trapézios, esternocleidomastóideo, elevador da escápula, serratil anterior, subclávio, rombóides, grande dorsal e abdominais.
(D) Músculos laríngeos, peitorais, trapézios, esternocleidomastóideo, elevador da escápula, serratil anterior, subclávio, rombóides, grande dorsal e quadrado lombar.
(E) Músculos laríngeos, peitorais, trapézios, esternocleidomastóideo, elevador da escápula, serratil anterior, subclávio, rombóides, reto abdominal, iliocostal.

24. As displasias de quadril podem levar a uma sub-luxação ou a uma luxação de quadril; assim, o exame de quadril deve fazer parte da avaliação rotineira de todo fisioterapeuta. Identifique abaixo os sinais clínicos de uma luxação unilateral do quadril de um lactente.

(A) Limitação da adução do quadril luxado, assimetria das dobras cutâneas na região glútea, comprimento do membro inferior luxado aparentemente maior, dor à movimentação do quadril luxado.
(B) Limitação da adução do quadril luxado, assimetria das dobras cutâneas na região glútea, comprimento do membro inferior luxado aparentemente menor, dor à movimentação do quadril luxado.
(C) Limitação da flexão do quadril luxado, assimetria das dobras cutâneas na região glútea, comprimento do membro inferior luxado aparentemente menor, dor à movimentação do quadril luxado.
(D) Limitação da extensão do quadril luxado, assimetria das dobras cutâneas na região glútea, comprimento do membro inferior luxado aparentemente maior, dor à movimentação do quadril luxado.
(E) Limitação da abdução do quadril luxado, assimetria das dobras cutâneas na região glútea, comprimento do membro inferior luxado aparentemente menor, dor à movimentação do quadril luxado.

25. As bengalas são dispositivos auxiliares da marcha, utilizados com a finalidade de aumentar o equilíbrio e proporcionar discreta diminuição da descarga de peso de um dos membros inferiores. Justifique a forma correta de utilização de uma bengala para uma paciente com artrose de joelho direito.
(A) A bengala deve ser utilizada do lado direito e movimentar-se juntamente com o membro inferior contralateral.
(B) A bengala deve ser utilizada do lado esquerdo e movimentar-se juntamente com o membro inferior homolateral.
(C) A bengala deve ser utilizada do lado esquerdo e movimentar-se juntamente com o membro inferior contralateral.
(D) A bengala deve ser utilizada do lado direito e movimentar-se juntamente com o membro inferior homolateral.
(E) Não existe uma forma pré-estabelecida para utilização da bengala.

26. Existe bastante controvérsia com relação à atividade física durante a gestação, porém em alguns aspectos existe consenso. Com relação à atividade física durante a gestação, pode-se afirmar que

(A) As atividades físicas não são indicadas durante a gestação.
(B) As atividades físicas leves, o ortostatismo superior a 2 horas e as caminhadas de até 50 minutos resultam em benefício para a gestante e o feto.
(C) As atividades físicas leves, a hidroterapia, as caminhadas de até 50 minutos resultam em benefício para a gestante e o feto.
(D) As atividades físicas leves, as caminhadas de até 50 minutos resultam em benefício para a gestante e o feto, porém a hidroterapia é contra indicada.
(E) Toda atividade física praticada pela gestante resulta em benefício para a mãe e para o feto.

27. Nos últimos anos foram publicados vários trabalhos relatando o uso da toxina botulínica no tratamento da espasticidade. Baseado nestes relatos científicos, é correto afirmar que:

(A) A toxina botulínica pode ser aplicada em ambulatório, quando é aplicada nos pontos motores dos músculos espásticos e seu efeito dura de 2 a 6 meses após a aplicação.
(B) A sua aplicação deve ser realizada em centro cirúrgico, mediante anestesia do paciente.
(C) A toxina é injetada no nervo motor, provocando uma axoniotmese, e assim lentificando a condução nervosa e diminuindo o tônus do músculo .
(D) A toxina botulínica não é indicada para crianças e gestantes.
(E) O relaxamento muscular pode ser sentido logo após a aplicação da toxina, durando de 4 a 12 meses, tempo necessário para a reconstrução da bainha de mielina.

28. Paciente adulto sofreu ferimento por arma de fogo, resultando em traumatismo raquimedular completo, nível neurológico de T1. Assinale abaixo o provável déficit sensório motor que este paciente tende a apresentar.

(A) Perda da flexão dos dedos e da sensibilidade na face interna do braço.
(B) Perda da adução e abdução do ombro e da sensibilidade na face interna do antebraço.
(C) Perda da flexão e extensão do punho e dedos e da sensibilidade na face externa do braço.
(D) Perda da adução e abdução dos dedos e da sensibilidade na face interna do braço.
(E) Perda da flexão e extensão do punho, da adução e abdução dos dedos e da sensibilidade na face externa do braço.

29. O Sistema Único de Saúde - SUS foi criado incorporando parcialmente as propostas estabelecidas pelo movimento da reforma sanitária brasileira. Através de qual instrumento legal foi criado o SUS?
(A) Norma Operacional da Assistência à Saúde/SUS 01/2002.
(B) Artigo 198 da Constituição Federal do Brasil de 1988.
(C) Lei 8080, de 19/09/1990.
(D) Lei 6.229 de 1975.
(E) Lei 8.142 de 28 de dezembro de 1990.

30. A Lei 8.142, de 28 de dezembro de 1990, trata, dentre outros assuntos, da participação da comunidade na gestão do Sistema Único de Saúde, (SUS). Como ocorre a participação da comunidade no SUS?

(A) Através das Conferências Municipais e Estaduais de Saúde.
(B) Através das Ações Integradas em Saúde.
(C) Através da gestão Plena Municipal de Saúde.
(D) Através dos Conselhos de bairro.
(E) Através dos Conselhos de Saúde e Conferências de Saúde

31. A descentralização das ações e serviços de saúde vem ocorrendo nas últimas décadas no Brasil. Um passo marcante para esta descentralização foi à criação da Gestão Plena Municipal de Saúde, com responsabilidade dos municípios pela saúde, onde o Município passa a ser o responsável imediato pelas necessidades do cidadão, os Estados são meros mediadores. A União normaliza e financia e o Município gere e executa. Em qual legislação foi fundamentado o exposto acima?

(A) Lei 8142, de 28/12/1990.
(B) Lei 8080, de 19/09/1990.
(C) Norma Operacional da Assistência à Saúde/SUS 01/2002.
(D) Emenda Constitucional nº 29/2000.
(E) Norma Operacional Básica do SUS NOB-SUS 01/96.

32. Em qual nível neurológico de lesão medular completa é necessário o uso de ventilação mecânica?

(A) Acima de C4.
(B) Acima de C7.
(C) Acima de T1.
(D) Abaixo de T1.
(E) Acima de T2.

33. A transmissão vertical é a principal causa de AIDS infantil no Brasil. Dessa forma é dever de todo profissional da saúde orientar a gestante soropositiva acerca desses riscos. Quais as medidas que diminuem significativamente a transmissão vertical?

(A) Parto normal, não aleitamento materno e administração da zidovudina (AZT).
(B) Parto cesariano, aleitamento materno e administração da zidovudina (AZT).
(C) Parto normal, aleitamento materno e administração da zidovudina (AZT).
(D) Parto cesariano, não aleitamento materno e administração da zidovudina (AZT).
(E) Nenhuma medida foi comprovada com sendo eficaz até o momento para diminuir a incidência de transmissão vertical.

34. O Sistema Único de Saúde, SUS, foi definido como o conjunto de ações e serviços de saúde, prestados por órgãos e instituições publicas Federais, Estaduais e Municipais, da administração direta e indireta das fundações mantidas pelo Poder Público, incluídas as Instituições Públicas Federais, Estaduais e Municipais de controle de qualidade, pesquisa e produção de insumos, medicamentos, inclusive de sangue e hemoderivados, e de equipamentos para a saúde, garantida também a participação complementar da iniciativa privada no Sistema Único de Saúde. Onde está definido o exposto acima?

(A) Norma Operacional Básica do SUS 01/1996.
(B) Lei 8080, de 19/09/1990.
(C) Emenda Constitucional nº 29/2000.
(D) Norma Operacional da Assistência à Saúde/SUS 01/2002.
(E) Lei 8142, de 28/12/1990.

35. Em qual dispositivo de Lei foi estabelecido o processo de regionalização, como estratégia de hierarquização dos serviços de saúde, instituindo-se o plano diretor de regionalização?

(A) Lei 8080, de 19/09/1990.
(B) Constituição Federal do Brasil de 1988.
(C) Lei 8142, de 28/12/1990.
(D) Norma Operacional Básica do SUS 01/1996.
(E) Norma Operacional da Assistência à Saúde/SUS 01/2002.

36. A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário as ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação. Em qual legislação se encontra o exposto acima?

(A) Lei 8080, de 19/09/1990.
(B) Norma Operacional da Assistência à Saúde/SUS 01/2002.
(C) Lei 8142, de 28/12/1990.
(D) Artigo 196 da Constituição Federal do Brasil de 1988.
(E) Norma Operacional Básica do SUS 01/1996.

37. Em qual dispositivo de lei está definido os objetivos e atribuições do SUS, como sendo a identificação e divulgação dos fatores condicionantes e determinantes da saúde; a formulação de política de saúde; a assistência às pessoas por intermédio de ações de promoção, proteção e recuperação da saúde, com a realização integrada das ações e das atividades preventivas?

(A) Lei 8080, de 19/09/1990.
(B) Norma Operacional da Assistência à Saúde/SUS 01/2002.
(C) Lei 8142, de 28/12/1990.
(D) Norma Operacional Básica do SUS 01/1996.
(E) Artigo 196 da Constituição Federal do Brasil de 1988.

38. Paciente adulto, 25 anos de idade, apresentou um tumor em cerebelo, sendo submetido à cirurgia, que retirou parte de seu cerebelo. Qual a mais provável disfunção neuromotora que este paciente pode apresentar?

(A) Espasticidade elástica.
(B) Nistagmo, incoordenação motora, diminuição de tônus, ataxia, perda de equilíbrio
(C) Espasticidade plástica.
(D) Flutuação de tônus do tipo atetóide, com o tônus flutuando do normal para a hipotonia.
(E) Flutuação de tônus do tipo coréia, com o tônus flutuando do normal para a hipertonia.

39. Ao realizar avaliação postural de um paciente o fisioterapeuta detectou retroversão pélvica. Quais os músculos que quando encurtados, predispõem esta alteração postural?

(A) Músculo psoas maior.
(B) Músculos abdominais.
(C) Músculos isquiotibiais.
(D) Músculos paravertebrais.
(E) Músculo quadríceps.

40. Segundo a Constituição Federal, no artigo 198, o financiamento do SUS se dá pelo orçamento da seguridade social, da União, dos Estados, do Distrito Federal, e Municípios, além de outras fontes. Confirmando este conceito, que determina a vinculação de receitas das três esferas do governo para o SUS, qual dispositivo de Lei definiu percentuais mínimos de recursos para as ações e serviços de saúde?

(A) Norma Operacional Básica do SUS 01/1996.
(B) Emenda Constitucional nº 29/2000.
(C) Norma Operacional da Assistência à Saúde/SUS 01/2002.
(D) Lei 8142, de 28/12/1990.

(E) Lei 8080, de 19/09/1990.

Prova fisioterapeuta cetro 2

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

23. Pacientes portadores de doença arterial coronária, juntamente com doença pulmonar obstrutiva crônica, quando num programa de reabilitação cardiovascular, apresentam certas particularidades. A partir dessa premissa, assinale a alternativa incorreta.

(A) Pacientes com saturação de O2 em repouso menor de 88% devem receber suplementação de oxigênio durante a sessão de treinamento.
(B) Esses pacientes, submetidos à reabilitação, apresentam melhoras menos acentuadas em seu
VO2 pico.
(C) Indivíduos de alto risco devem realizar as sessões sob supervisão, em local especializado.
(D) Deve-se realizar as sessões de treinamento em ambiente hospitalar especializado, juntamente com medidas de capnometria.
(E) Deve-se priorizar o uso de exercícios aeróbios, em torno de 60% do VO2 máx, aumentando a carga de trabalho de acordo com a evolução do treinamento.

24. O miocárdio é constituído de tecido diferenciado, basicamente formado por fibras

(A) musculares lisas cardíacas.
(B) conjuntivas estriadas cardíacas.
(C) musculares endoteliais estriadas.
(D) endoteliais lisas cardíacas.
(E) musculares estriadas cardíacas.

25. No homem, os lobos do pulmão direito (superior, médio e inferior) são separados por fendas profundas, chamadas de fissuras

(A) horizontal e vertical.
(B) oblíqua e transversal.
(C) horizontal e oblíqua.
(D) longitudinal e transversal.
(E) ortogonal e horizontal.

26. A cavidade nasal:

I. É composta pelo vestíbulo, região respiratória e região olfatória.
II. É extremamente vascularizada, particularmente na região anterior do septo nasal.
III. Comunica-se com o meio externo através das coanas.
IV. É dividida em metades esquerda e direita.

Está(ao) incorreta(as) as afirmações:

(A) I e III.
(B) apenas a II.
(C) apenas a III.
(D) II, III e IV.
(E) I e II e III.

27. O cálculo para obtenção dos valores de débito cardíaco (DC) é realizado utilizando-se a fórmula

(A) DC = FC (frequência cardíaca) x VDF (volume diastólico final)
(B) DC= PA (pressão arterial) x FC
(C) DC= PAS (pressão arterial sistólica) x FC
(D) DC= VS (volume sistólico) x FC
(E) DC= PAM (pressão arterial média) x VS

28. Em repouso, a contração dos ventrículos durante a sístole, num coração normal, corresponde a ejeção de

(A) 2/3 do volume de sangue contido nos ventrículos.
(B) 1/3 do volume de sangue contido nos ventrículos.
(C) todo o volume de sangue contido nos ventrículos.
(D) 2/4 do volume de sangue contido nos ventrículos.
(E) metade do sangue contido nos ventrículos em direção aos átrios.

29. Com relação ao diafragma, pode-se afirmar:

I. É um músculo capaz de aumentar o volume torácico.
II. É o único músculo esquelético considerado essencial à vida.
III. É um músculo fino, inervado pelos nervos frênicos.
IV. Tem forma de cúpula e está inserido nas costelas inferiores.

Estão corretas as afirmações:

(A) I, II e IV.
(B) I e IV.
(C) I, III e IV.
(D) I, II, III e IV.
(E) II e III.

30. Pode-se descrever o termo “Capacidade Inspiratória Pulmonar” como:

(A) Quantidade máxima de gás que pode ser expirado após uma inspiração máxima.
(B) Volume de gás que pode ser inspirado no final da inspiração corrente.
(C) Quantidade máxima de gás que pode ser inspirado no final de uma expiração corrente.
(D) Volume que permanece nos pulmões após uma expiração máxima.
(E) Quantidade de gás que permanece nas vias aéreas superiores após uma expiração forçada.

31. Os pulmões têm tendência a se retraírem e entrar em colapso. Sabe-se que a cavidade pleural é importante na manutenção da expansão pulmonar. Com base nas informações expostas, pergunta-se:

Qual o principal mecanismo utilizado pela cavidade pleural para manter a expansão dos pulmões?

(A) Manutenção da expansão pulmonar baseada no componente elástico pleural.
(B) A maior pressão pleural mantém os pulmões expandidos.
(C) A pleura fixa-se no diafragma e mantém os pulmões expandidos, acompanhando a inspiração.
(D) A cavidade pleural mantém uma pressão negativa ao redor dos pulmões, tendendo a mantê-los expandidos.
(E) As pressões pleurais equivalem às pressões pulmonares, mantendo assim os pulmões “abertos”.

32. A criança portadora de “Tetralogia de Fallot” tem expectativa de vida, quando não tratada, de aproximadamente:

(A) 6 meses a 1 ano.
(B) 10 a 12 anos.
(C) 6 anos aproximadamente.
(D) 8 a 11 anos.
(E) 3 a 4 anos.

33. Pode-se afirmar quanto à hipertrofia cardíaca “patológica”:

I. Ocorre em casos de valvulopatias.
III. Não é acompanhada de aumento suficiente da vascularização coronária, em casos graves.
IV. Ocorre desenvolvimento de fibrose, sobretudo no músculo subendocárdico.

Estão corretas as afirmações:

(A) I, III e IV.
(B) I, II e III.
(C) I e III.
(D) I, II, III e IV.
(E) II e III.

34. Com base na eletrocardiografia, pode-se afirmar que o Complexo QRS corresponde à

(A) repolarização atrial.
(B) repolarização ventricular.
(C) despolarização cardíaca.
(D) repolarização cardíaca.
(E) despolarização ventricular.

35. Assinale a alternativa que aponte o exame mais importante para que se estabeleça, via de regra, o diagnóstico de Tromboembolismo pulmonar (TEP).

(A) R-X de tórax.
(B) Espirometria.
(C) Eletrocardiograma.
(D) Cintilografia pulmonar de perfusão e ventilação combinadas.
(E) Teste ergométrico.

36. Num paciente portador de Fibrose Cística, baseando-se na fisiopatologia da doença, a principal função do fisioterapeuta é:

(A) Reexpansão pulmonar.
(B) Remoção de secreções.
(C) Manutenção do volume muscular.
(D) Otimização da ventilação.
(E) Desinssuflação pulmonar.

37. Durante procedimento fisioterapêutico, observou-se dor à palpação das panturrilhas e Sinal de Homans positivo. Nessa situação, pode-se suspeitar de

(A) esclerose lateral amiotrófica.
(B) edema intersticial periférico.
(C) trombose venosa profunda.
(D) arterite.
(E) mialgia.

38. Qual dos seguintes fatores não integra as respostas agudas ao exercício físico?

(A) Aumento do DC.
(B) Aumento da pressão arterial sistólica.
(C) Aumento da freqüência respiratória.
(D) Vasodilatação periférica.
(E) Aumento da pressão arterial diastólica.

39. Qual dos itens abaixo contra-indica a continuidade da sessão fisioterapêutica quanto à sua ocorrência?

(A) Dispnéia induzida pelo esforço.
(B) Arritmias ventriculares, induzidas pelo esforço.
(C) Taquipnéia.
(D) “Rush” cutâneo.
(E) Arritmias atriais, induzidas pelo esforço.

40. Em pós-operatório imediato não complicado de cirurgia cardíaca, deve ser a prioridade do fisioterapeuta:

(A) Remoção de secreções.
(B) Mobilização articular.
(C) Extubação precoce.
(D) Evitar edemas em extremidades.
(E) Reexpansão pulmonar.

41. Num cardiopata, liberado para atividades físicas, qual dos seguintes cálculos indiretos seria mais indicado para iniciarmos a prescrição do treinamento?

(% = porcentagem escolhida de acordo com a condição física e patologia, Exemplo: Hipertenso – 50 a 70 %)

(A) FC treino = (FC máxima – idade) x % + FC repouso.
(B) FC treino = (FC máxima – FC repouso) x % + FC repouso.
(C) FC treino = ( FC repouso + %) / idade.
(D) FC treino = ( FC máxima – FC de aquecimento) x % + FC aquecimento.
(E) FC treino = ( 220 – idade) x % / FC repouso.

42. A escala de “Borg” é um método para avaliação

(A) do VO2 máx.
(B) da intensidade de treinamento.
(C) do esforço subjetivo.
(D) dos índices de ansiedade.
(E) da FC máxima.

43. Em caso de “engasgamento”, é a manobra utilizada para desobstrução de vias aéreas superiores, em paciente consciente, demonstrando sufocamento:

(A) “Heimlich”.
(B) Tapas entre as escápulas.
(C) Reanimação cardiopulmonar.
(D) Estimular a tosse.
(E) “Haimbrich”.

44. Na SDRA (síndrome do desconforto respiratório agudo), com a colocação do paciente em “Prono”, qual das seguintes afirmações é falsa?

I. Ocorre melhora importante na relação PaO2/ FiO2 (>100) na maioria das vezes.
II. A melhora pode se perpetuar quando retornamos o paciente a supino
III. Os benefícios limitam-se a pacientes expostos anteriormente à posição prona, no início da instalação da doença.
IV. Recrutam-se áreas antes pouco ventiladas.
V. Os pacientes podem se tornar instáveis hemodinamicamente durante a manobra.

(A) I
(B) II
(C) III
(D) IV
(E) V

45. Na utilização da técnica de expiração forçada, observa-se:

(A) Retorno elástico dos tecidos pulmonares.
(B) Ação diafragmática importante.
(C) Ação dos músculos abdominais, com aumento do volume torácico.
(D) Aumento vertical do volume torácico.
(E) Ação dos músculos abdominais, com conseqüente aumento da pressão intratorácica.

46. Nos casos de acidose metabólica, a compensação é

(A) renal, com aumento da PaCO2 arterial.
(B) respiratória, com aumento da PaCO2 arterial.
(C) respiratória, com redução da PaCO2 arterial.
(D) metabólica, com manutenção do bicarbonato sanguíneo.
(E) respiratória, com aumento da hemoglobina reduzida.

47. Nos últimos anos foram publicados vários trabalhos relatando o uso da toxina botulínica no tratamento da espasticidade. Baseado nestes relatos científicos é correto afirmar que:

(A) A toxina botulínica pode ser aplicada em ambulatório, quando é aplicada nos pontos motores dos músculos espásticos e seu efeito dura de 2 a 6 meses após a aplicação.
(B) A sua aplicação deve ser realizada em centro cirúrgico, mediante anestesia do paciente.
(C) A toxina é injetada no nervo motor, provocando uma axoniotmese, e assim lentificando a condução nervosa e diminuindo o tônus do músculo .
(D) A toxina botulínica não é indicada para crianças e gestantes.
(E) O relaxamento muscular pode ser sentido logo após a aplicação da toxina, durando de 4 a 12 meses, tempo necessário para a reconstrução da bainha de mielina.

48. Paciente adulto sofreu ferimento por arma de fogo, resultando em traumatismo raqui-medular completo, nível neurológico de T1. Assinale o provável déficit sensório motor que este paciente tende a apresentar.
(A) Perda da flexão dos dedos e da sensibilidade na face interna do braço.
(B) Perda da adução e abdução do ombro e da sensibilidade na face interna do antebraço.
(C) Perda da flexão e extensão do punho e dedos e da sensibilidade na face externa do braço.
(D) Perda da adução e abdução dos dedos e da sensibilidade na face interna do braço.
(E) Perda da flexão e extensão do punho, da adução e abdução dos dedos e da sensibilidade na face externa do braço.

49. As displasias de quadril podem levar a uma sub-luxação ou a uma luxação de quadril. Assim, o exame de quadril deve fazer parte da avaliação rotineira de todo fisioterapeuta. Identifique a seguir os sinais clínicos de uma luxação unilateral do quadril de um lactente.

(A) Limitação da adução do quadril luxado, simetria das dobras cutâneas na região glútea, comprimento do membro inferior luxado aparentemente maior, dor à movimentação do quadril luxado.
(B) Limitação da adução do quadril luxado, assimetria das dobras cutâneas na região pélvica, comprimento do membro inferior luxado aparentemente menor, dor à movimentação do quadril luxado.
(C) Limitação da flexão do quadril luxado, assimetria das dobras cutâneas na região glútea, comprimento do membro inferior luxado aparentemente maior, dor à movimentação do quadril luxado.
(D) Limitação da extensão do quadril luxado, simetria das dobras cutâneas na região pélvica, comprimento do membro inferior luxado aparentemente maior, dor à movimentação do quadril luxado.
(E) Limitação da abdução do quadril luxado, assimetria das dobras cutâneas na região glútea, comprimento do membro inferior luxado aparentemente menor, dor à movimentação do quadril luxado.

50. A Doença Hipertensiva Específica da Gravidez (DHEG), na sua forma pura, caracteriza-se pelo aparecimento de quais sintomas em grávida normotensa, após a vigésima semana de gestação?

(A) Hipertensão, aumento da diurese, náuseas e vômitos.
(B) Hipertensão, edema, náuseas e vômitos.
(C) Cloasma gravídico, edema, desmaios e vertigens.
(D) Hipertensão, edema e leucorréia.

(E) Hipertensão, proteinúria e edema.

Prova fisioterapeuta Cetro 1

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

15. A etiologia das Doenças do Fechamento do Tubo Neural, onde se destaca a Mielomeningocele, é multifatorial, porém, embora seja multifatorial, sua etiologia está fortemente ligada a fatores nutricionais maternos. Identifique abaixo o principal distúrbio nutricional materno
que pode estar associado à ocorrência da mielomeningocele.

(A) Deficiência de ferro (anemia ferropriva).
(B) Deficiência de acido fólico.
(C) Deficiência de proteínas.
(D) Deficiência de calorias.
(E) Deficiência de proteínas e calorias.

16. Um fisioterapeuta, ao colher a história durante a avaliação de uma criança com diagnóstico clínico de Paralisia Cerebral, verificou que a mesma nasceu prematura e apresentou Leucomalácia Periventricular. Qual tipo de Paralisia Cerebral pode ter a etiologia acima descrita?

(A) Diparesia espástica.
(B) Tetraparesia atetóide.
(C) Hemiparesia espástica.
(D) Tetraparesia espástica.
(E) Ataxia.

17. A Síndrome de Down é a aberração cromossômica mais prevalente na população mundial. Quais os fatores que predispõem ao nascimento de uma criança com Síndrome de Down?

(A) Uso de fumo durante a gestação.
(B) Consumo de drogas ilícitas durante a gestação.
(C) Idade materna avançada.
(D) Consumo de álcool durante a gestação.
(E) Idade paterna avançada.

18. Um fisioterapeuta, após realizar avaliação postural de um paciente, detectou a presença de hiperlordose lombar. Aponte abaixo os músculos que, quando encurtados, podem ocasionar diretamente (tem origem ou inserções na coluna lombar) esta alteração postural.

(A) Paravertebrais, Isquiotibiais, e Diafragma.
(B) Psoas Maior, Abdominais e Paravertebrais.
(C) Paravertebrais, Diafragma e Psoas Maior.
(D) Glúteos, Isquiotibiais e Psoas Maior.
(E) Diafragma, Glúteos e Paravertebrais.

19. Nas lesões piramidais tem-se presente o sinal de Babinski, que apresenta como resposta

(A) flexão do hálux e artelhos.
(B) extensão do hálux, e abertura em leque e flexão dos artelhos.
(C) flexão do hálux e extensão dos artelhos.
(D) extensão do hálux e dos artelhos.
(E) flexão do hálux e abdução dos artelhos.

20. Durante a respiração normal a expiração se processa passivamente, porém pode também ser auxiliada por músculos acessórios. São considerados músculos acessórios da expiração:

(A) Músculos abdominais, diafragma e quadrado lombar.
(B) Músculos abdominais, peitoral maior e menor e quadrado lombar.
(C) Músculos abdominais, intercostais internos e escalenos.
(D) Músculos abdominais, intercostais internos e quadrado lombar.
(E) Músculos abdominais, intercostais externos e trapézio.

21. Com o advento da AIDS, a Tuberculose voltou a ser uma doença com alta prevalência na população brasileira, merecendo, em razão disso, a atenção de todos os profissionais de saúde. Identifique abaixo as principais manifestações clínicas da Tuberculose Pulmonar.

(A) Anorexia, perda de peso, tosse e febre moderada, freqüentemente vespertina e persistente por mais de 15 dias.
(B) Anorexia e perda de peso, tosse, dispnéia, taquipnéia e febre, geralmente acima de 390C,
freqüentemente vespertina e persistente por mais de 15 dias.
(C) Anorexia e perda de peso, dispnéia, taquipnéia e febre moderada, freqüentemente vespertina e persistente por mais de 15 dias.
(D) Anorexia e perda de peso, tosse, rinofaringite, otite média, traqueobronquite e febre moderada,
freqüentemente vespertina e persistente por mais de 15 dias.
(E) Anorexia, perda de peso, rinofaringite, coriza e febre elevada, freqüentemente matutina e persistente por mais de 15 dias.

22. Ao avaliar a mobilidade muscular ativa e a força muscular, tem-se como recurso uma tabela com normas internacionais. Quando se consegue vencer a gravidade, mas não a resistência, pode-se dizer que o grau será

(A) Grau 1.
(B) Grau 2.
(C) Grau 3.
(D) Grau 4.
(E) Grau 5.

23. Paciente com Lesão Medular em T1, membros superiores preservados, sem estabilidade de tronco, reserva respiratória de origem intercostal diminuída e fixação do tronco na origem dos membros superiores apresentando perda do movimento. Indicação de órtese longa bilateral com cinto pélvico e prolongamento torácico. Esse paciente conseguirá

(A) marcha em 3 pontos.
(B) marcha em 2 pontos e marcha em 4 pontos.
(C) marcha em arrasto e marcha em 2 pontos.
(D) marcha em 4 pontos.
(E) marcha em arrasto e ortostatismo.

24. As bengalas são dispositivos auxiliares da marcha, utilizados com a finalidade de aumentar o equilíbrio e proporcionar discreta diminuição da descarga de peso de um dos membros inferiores. Justifique a forma correta de utilização de uma bengala para uma paciente com artrose de joelho direito.

(A) A bengala deve ser utilizada do lado direito e movimentar-se juntamente com o membro inferior contralateral.
(B) A bengala deve ser utilizada do lado esquerdo e movimentar-se juntamente com o membro inferior homolateral.
(C) A bengala deve ser utilizada do lado esquerdo e movimentar-se juntamente com o membro inferior contralateral.
(D) A bengala deve ser utilizada do lado direito e movimentar-se juntamente com o membro inferior homolateral.
(E) Não existe uma forma pré-estabelecida para utilização da bengala.

25. Existe bastante controvérsia com relação à atividade física durante a gestação, porém em alguns aspectos existe consenso. Com relação à atividade física durante a gestação, pode-se afirmar que:

(A) As atividades físicas não são indicadas durante a gestação.
(B) As atividades físicas leves, o ortostatismo superior a 2 horas e as caminhadas de até 50 minutos resultam em benefício para a gestante e o feto.
(C) As atividades físicas leves, a hidroterapia, as caminhadas de até 50 minutos resultam em benefício para a gestante e o feto.
(D) As atividades físicas leves, as caminhadas de até 50 minutos resultam em benefício para a gestante e o feto, porém a hidroterapia é contra indicada.
(E) Toda atividade física praticada pela gestante resulta em benefício para a mãe e para o feto.

26. Nos últimos anos foram publicados vários trabalhos relatando o uso da toxina botulínica no tratamento da espasticidade. Baseado nestes relatos científicos, é correto afirmar que:

(A) A toxina botulínica pode ser aplicada em ambulatório, quando é aplicada nos pontos motores dos músculos espásticos e seu efeito dura de 2 a 6 meses após a aplicação.
(B) A sua aplicação deve ser realizada em centro cirúrgico, mediante anestesia do paciente.
(C) A toxina é injetada no nervo motor, provocando uma axoniotmese, e assim lentificando a condução nervosa e diminuindo o tônus do músculo.
(D) A toxina botulínica não é indicada para crianças e gestantes.
(E) O relaxamento muscular pode ser sentido logo após a aplicação da toxina, durando de 4 a 12 meses, tempo necessário para a reconstrução da bainha de mielina.

27. As displasias de quadril podem levar a uma sub-luxação ou a uma luxação de quadril; assim, o exame de quadril deve fazer parte da avaliação rotineira de todo fisioterapeuta. Identifique abaixo os sinais clínicos de uma luxação unilateral do quadril de um lactente.

(A) Limitação da adução do quadril luxado, assimetria das dobras cutâneas na região glútea, comprimento do membro inferior luxado aparentemente maior, dor à movimentação do quadril luxado.
(B) Limitação da adução do quadril luxado, assimetria das dobras cutâneas na região glútea, comprimento do membro inferior luxado aparentemente menor, dor à movimentação do quadril luxado.
(C) Limitação da flexão do quadril luxado, assimetria das dobras cutâneas na região glútea, comprimento do membro inferior luxado aparentemente menor, dor à movimentação do quadril luxado.
(D) Limitação da extensão do quadril luxado, assimetria das dobras cutâneas na região glútea, comprimento do membro inferior luxado aparentemente maior, dor à movimentação do quadril luxado.
(E) Limitação da abdução do quadril luxado, assimetria das dobras cutâneas na região glútea, comprimento do membro inferior luxado aparentemente menor, dor à movimentação do quadril luxado.

28. Criança que inicia a simetria da cabeça e membros, eleva as pernas e alcança os pés, rola dissociando ombros e quadris, leva objetos a boca, segura objetos com as mãos na linha média, realiza extensão do tronco com anteversão da pelve em prono, alongando os flexores do quadril. Desenvolve também os flexores laterais da cabeça e os músculos que dão suporte ao tronco, como o músculo serrátil. O quadro descrito é característico da fase do desenvolvimento normal

(A) de 3 a 6 meses.
(B) de 0 a 3 meses.
(C) de 2 a 4 meses.
(D) de 6 a 9 meses.
(E) de 5 a 8 meses.

29. Em qual nível neurológico de lesão medular completa é necessário o uso de ventilação mecânica?

(A) Acima de C4.
(B) Acima de C7.
(C) Acima de T1.
(D) Abaixo de T1.
(E) Acima de T2.

30. Na utilização do TENS para quadros de dores agudas, deve-se usar

(A) freqüência baixa e intensidade elevada.
(B) freqüência baixa e intensidade moderada.
(C) freqüência elevada e intensidade moderada.
(D) freqüência elevada e intensidade elevada.

31. Paciente adulto sofreu ferimento por arma de fogo, resultando em traumatismo raquimedular completo, nível neurológico de T1. Assinale abaixo o provável déficit sensório motor que este paciente tende a apresentar.

(A) Perda da flexão dos dedos e da sensibilidade na face interna do braço.
(B) Perda da adução e abdução do ombro e da sensibilidade na face interna do antebraço.
(C) Perda da flexão e extensão do punho e dedos e da sensibilidade na face externa do braço.
(D) Perda da adução e abdução dos dedos e da sensibilidade na face interna do braço.
(E) Perda da flexão e extensão do punho, da adução e abdução dos dedos e da sensibilidade na face externa do braço.

32. Paciente adulto, 25 anos de idade, apresentou um tumor em cerebelo, sendo submetido à cirurgia, que retirou parte de seu cerebelo. Qual a mais provável disfunção neuromotora que este paciente pode apresentar?

(A) Espasticidade elástica.
(B) Nistagmo, incoordenação motora, diminuição de tônus, ataxia, perda de equilíbrio
(C) Espasticidade plástica.
(D) Flutuação de tônus do tipo atetóide, com o tônus flutuando do normal para a hipotonia.
(E) Flutuação de tônus do tipo coréia, com o tônus flutuando do normal para a hipertonia.

33. Ao realizar avaliação postural de um paciente o fisioterapeuta detectou retroversão pélvica. Quais os músculos que quando encurtados, predispõem esta alteração postural?

(A) Músculo psoas maior.
(B) Músculos abdominais.
(C) Músculos isquiotibiais.
(D) Músculos paravertebrais.
(E) Músculo quadríceps.

34. Um paciente apresentando marcha em bloco sem dissociação das cinturas pélvica e escapular, cabeça e tronco permanecem inclinados para frente, os passos são curtos e a marcha é vagarosa. Por ação involuntária pode ocorrer aceleração dos passos (fenômeno de festinação) e por vezes, o paciente só se detém quando encontra um obstáculo. Esse tipo de marcha é característico de uma das patologias citadas abaixo. Assinale a alternativa correta.

(A) Acidente Vascular Encefálico.
(B) Doença de Parkinson.
(C) Distrofia Muscular.
(D) Miopatia.
(E) Síndrome de Guillain-Barré.

35. Numa avaliação realizada em um paciente que apresenta dor em região lombar com irradiação para MMSS, realizar-se um teste onde se pede ao paciente para ficar em decúbito dorsal, eleva-se sua perna até o inicio da dor. Abaixa-se a perna 5º e dorsiflexiona o pé. Se houver dor entre 35º e 70º, suspeita-se de irritação intradural do nervo ciático. Qual o teste utilizado?

(A) Teste de Braggard.
(B) Teste de Bowstring.
(C) Teste de Bonnet.
(D) Teste de Belt.
(E) Teste de Lewin.

36. Em quais dessas patologias pode-se aplicar o US?

(A) Tumores, Distensão, Ciatalgia, Flebite.
(B) Paralisia, Tumores, Neuralgia.
(C) Anquilose, Neuralgia, Flebite.
(D) Anquilose, Ciatalgia, Neuralgia, Neuroma de Coto Doloroso.
(E) Distensão, Ciatalgia, Artrite Reumatóide Aguda, Trombose.

37. Quais os músculos que compreendem o Manguito Rotador?

(A) Deltóide, bíceps, peitoral maior.
(B) Trapézio, redondo menor, levantador da escapula.
(C) Esternocleidomastóideo, deltóide, supra-espinhal.
(D) Subescapular, infra-espinhal, trapézio.
(E) Redondo menor, infra-espinhal, supra-espinhal e subescapular.

38. Quando ocorre fraqueza (paresia) importante ou paralisia do músculo deltóide, o paciente apresentará perda total ou parcial da

(A) adução de ombro.
(B) flexão de ombro.
(C) rotação glenoumeral.
(D) rotação superior.
(E) abdução glenoumeral.

39. Quais são os músculos que realizam a inversão de tornozelo?

(A) Fibulares longo e curto, extensor longo dos dedos e fibular terceiro.
(B) Tibial anterior, extensor longo do hálux, extensor longo dos dedos e fibular terceiro.
(C) Tibial posterior com auxilio do gastrocnêmios-sóleo, e pelos flexores longos dos dedos.
(D) Tibial anterior, flexores longos dos dedos e fibular terceiro.
(E) Fibular longo, tibial posterior e flexor curto dos dedos.

Postagens populares

Como fazer download no 4shared

Termos de uso

Ano IV - © Tânia Marchezin - Fisioterapeuta - Franca/SP

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger .

TOPO